Home » Acima de 600cc » Nova Kasinski Mirage 650 EFI mais algumas fotos

Nova Kasinski Mirage 650 EFI mais algumas fotos


24 nov 2010 1 Comentário

Então pessoal, conforme outras matérias sobre essa moto, aqui vão algumas informações sobre ela e logo mais abaixo segue uma nova galeria com fotos da Kasinski Mirage 650 EFI.

MOTOR VIGOROSO

Depois da parte estética, o motor desta custom merece destaque. Com duplo comando no cabeçote (DOHC), o V2 de 647 cm³ de capacidade está equipado com refrigeração a água e injeção eletrônica de combustível. O propulsor da Mirage 650 gera potência de 80,7 cv a 9.250 rpm e 6,9 kgfm a 7.250 rpm de torque máximo. De comportamento vigoroso e boa retomada, o motor — o mesmo utilizado na esportiva Comet GT 650 R EFI — tem melhor rendimento em médios e altos regimes de rotação.

Quando giramos o acelerador sem dó, o consumo de combustível da moto foi de 16 km/l. Mas, mantendo velocidades entre 90 e 120 km/h, a Mirage 650 fez até 20 km/l. Na média, a moto pode rodar quase 300 km com um tanque de combustível (16 litros). Avaliada praticamente todo o tempo na estrada — seu habitat natural — a velocidade de cruzeiro é de 140 km/h. Nesse ritmo parece que o motor trabalha mais ‘relaxado’, apesar de a moto não estar equipada com sexta marcha over-drive.

Como nas Harley, a transmissão secundária da Mirage 650 é feita por meio de correia dentada. O ponto negativo ficou para o câmbio, que poderia ter engates mais precisos.

FICHA TÉCNICA: Kasinski Mirage 650

Motor: DOHC, 647 cm³, dois cilindros em V, quatro tempos, refrigerado a água.
Potência máxima: 80,7 cv a 9.250 rpm.
Torque máximo: 6,9 kgfm a 7.250 rpm.
Transmissão: Câmbio de cinco velocidades com transmissão final por correia dentada.
Suspensão: Garfo telescópico invertido com regulagem e 126 mm de curso na dianteira; balança bichoque ajustável, com 130 mm de curso na traseira.
Freios: Disco duplo de 300 mm de diâmetro com pinça de dois pistões fixado radialmente (dianteiro); Disco simples de 260 mm de diâmetro com pinça de dois pistões (traseiro).
Rodas e pneus: 120/70-ZR 18 na dianteira e 180/55-ZR 17 na traseira.
Dimensões: 2.430 mm de comprimento, 840 mm de largura e 1.155 mm de altura. Entre-eixos 1.665 mm, 160 mm de altura pro solo e 675 mm de altura do assento para o solo.
Peso: 167 kg.

CICLÍSTICA
Construída sobre um quadro tubular de berço duplo, o modelo conta com suspensão invertida (upside-down) com regulagem e 126 mm de curso. Na traseira, tradicional sistema bichoque ajustável e com 130 mm de curso. O conjunto é macio e absorve bem as imperfeições do piso. Claro que rodando nas ruas e avenidas esburacadas de São Paulo, a moto sofreu bastante com o asfalto irregular, porém na estrada com asfalto liso o funcionamento do conjunto de suspensões esteve de acordo com a proposta da moto.

Já nos freios a Mirage 650 está equipada com disco em ambas as rodas. Na dianteira, duplo de 300 mm de diâmetro com pinça de dois pistões fixada radialmente. Na traseira, simples de 260 mm de diâmetro com pinça de dois pistões.

O sistema está bem equalizado e de acordo com a proposta estradeira da moto. Além disso se comportou muito bem quando exigido ao extremo. Para ajudar no trabalho de amortecimento e frenagem, a Mirage está equipada com pneus Bridgestone – 120/70-ZR 18 (D)/ 180/55-ZR 17 (T).

As principais concorrentes desta Kasinski são a Harley-Davidson 883R (R$ 25.990), Honda Shadow 750 (R$ 29.980), Yamaha XVS 950 Midnight Star (R$ 31.265), Suzuki Boulevard M800 (33.900) e a Kawasaki Vulcan 900 (R$ 33.990). Todas com preços e motores de maior capacidade cúbica se comparados ao da Mirage 650.

Matérias sobre essa Kasinski:
Mais fotos da Mirage 650 da Kasinski
Nova Kasinski Mirage 650 EFI Custom com jeito esportivo

Agora segue a nova galeria de fotos:



  • tuka

    The best of !!