10 fatos sobre a BMW G 310 GS

Veja 10 fatos sobre a nova BMW G 310GS e descubra tudo que essa pequena aventureira alemã pode oferecer.

A BMW G 310 GS nasceu em conjunto com a pequena naked G 310 R.

Advertisement

Assim como sua irmã mais urbana, a versão aventureira se apresenta como a porta de entrada para o mundo da fabricante alemã, em especial a famosa gama da linha GS.

Vamos conferir tudo sobre essa moto e o que ela tem a oferecer.

10 fatos sobre a BMW G 310 GS

1 Design
2 Chegou em 2018
3 Modelo de entrada
4 Suspensões
5 Motor
6 ABS vs Off-Road
7 Opções de altura no banco
8 Versões
9 Concorrentes
10 Preço

1 Design

A BMW G 310 GS foi projetada para encarar o trânsito urbano, mas também uma estrada de terra. Com isso, a moto une o melhor desses dois mundos e pode também ser usada para longas viagens em estradas asfaltadas.

Visualmente, está aventureira tem carenagem integrada na dianteira, para-lama duplo e farol de LED. A moto chega com cores personalizadas em cada parte, como no quadro, no garfo invertido e na mola traseira destacada em branco.

  • Quer ver vídeos sensacionais sobre motos? Acesse o canal Motorede no: youtube.com/Motorede
  • Compre pneus com desconto na PneuStore usando cupom SEKU7 (para motos) e SEKU5 (para carros e outros), clique e aproveite: Pneu com Desconto

O escapamento é cromado e fica em posição baixa – lembra a configuração de modelos como a Dafra NH190. Já o banco tem dois níveis, junto do tanque volumoso de 11 litros. As pinças douradas fecham o pacote visual e de design visto no modelo.

2 Chegou em 2018 

A BMW lançou a G 310 GS no Brasil em 2018. Foi a segunda moto de baixa cilindrada disponibilizada no catálogo da marca no país. Na época, o modelo chegou às concessionárias por R$ 24.900 – a fim de expandir a linha abaixo das 500cc da fabricante.

A receita do modelo desde já utilizava como base a mesma mecânica da já conhecida naked G 310 R. Em oposição à irmã urbana, a G 310 GS apostava na categoria adventure, inspirada em motos de maior capacidade, como a big trail topo de linha R 1200 GS.

3 Modelo de entrada

A pequena naked G 310 R se apresenta como a moto de entrada na linha BMW de motos. Enquanto isso, a sua versão aventureira é o modelo de entrada da linha GS, a gama adventure da marca.

No entanto, não estamos falando de uma moto básica. A G 310 GS traz de série itens que deixam completa a experiência na motocicleta. Farol de LED, painel LCD e ABS são apenas alguns deles, além das suspensões de longo curso.

4 Suspensões 

Falando em suspensão, a dianteira é composta por um garfo telescópico invertido, com 180 mm de curso. Enquanto a traseira traz um amortecedor único suportando uma balança traseira de alumínio, também com 180 mm de curso e ajuste de pré-carga.

As rodas são de liga leve, de aro 19 na frente e aro 17 na traseira. A motocicleta tem chassi com estrutura tubular de treliça, que ganha destaque na moto com pintura destacada. A 310 GS pesa 175 kg em ordem de marcha.

5 Motor 

A pequena aventureira da BMW é movida por um motor monocilíndrico (DOHC), arrefecido a líquido, de 313 cm³. Tem uma curiosa configuração de cilindro inclinado para trás – coisa que só as 310 R e GS oferecem no Brasil.

Segundo a marca, a proposta é aproveitar melhor o espaço no chassi para abrigar o motor. A usina é capaz de gerar 34 cv de potência a 9.250 rpm e 2,8 kgfm de torque a 7.500 rpm. Tudo isso junto do câmbio tem 6 velocidades e a transmissão final por corrente.

6 ABS vs Off-Road

A G 310 GS conta com freios a disco e pinças da ByBre, a linha da Brembo dedicada a motocicletas de pequeno e médio deslocamento. Na dianteira vemos o disco simples de 300 mm, com pinça de fixação radial de quatro pistões.

Na traseira também temos a disposição o disco simples, com diâmetro de 240 mm e pinça flutuante de pistão simples. O modelo conta com sistema ABS de última geração, que pode ser desligado para uso na terra. Um extra para quem deseja levantar poeira e fazer um melhor uso em off-road.

7 Opções de altura no banco

A G 310 GS fornece opções de altura do banco para cada tipo de motociclista. Desta forma, regulando a disposição do assento, permite-se uma pilotagem mais confortável. Além da altura do banco de série de 835 mm, estão disponíveis mais duas configurações como acessórios especiais: uma opção mais baixa, com 820 mm e outra com uma altura de 850 mm.

8 Versões

A BMW G 310 GS ganhou no ano passado uma versão especial – a série 40 anos que tinha como diferencial a pintura preta com detalhes em amarelo e cinza. No entanto, não está mais disponível. Para o modelo 2022 a moto chega em três opções de cores.

A Style Rallye tem o azul cianita metalizado e os destaques do quadro em vermelho. A Branco Polar chega com a cor base e painel em branco junto do cinza. Já a Triple Black tem a cor preto predominante em todas as peças.

9 Concorrentes

A G310 tem como principal concorrente a popular em seu segmento Honda XRE 300. No entanto, mais bem equipada, potente e com refrigeração líquida, o modelo BMW está um degrau acima. Desta forma ela tem como rival mais próxima e direta a Kawasaki Versys-X 300.

10 Preço

Falando nisso, podemos ver como cada marca aponta seu produto no segmento, observando os preços destas aventureiras de 300cc. A Honda aposta no grande público com a XRE 300, que tem preço divulgado de R$ 23.670.

Sendo a porta de entrada de uma gama premium, a BMW apresenta o preço de venda sugerido da G 310 GS à partir de R$ 37.990. Valor acima do divulgado pela concorrente Kawasaki, que tem a Versys-X 300 cotada em R$ 33.810.

Advertisement

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários