Home » Abaixo de 599cc » 10 Fatos: Nova Kawasaki Ninja 400 2018

10 Fatos: Nova Kawasaki Ninja 400 2018


10 mai 2018 2 Comentários

Nova Kawasaki Ninja 400 2018 é pequena esportiva de entrada que chegará ao Brasil em breve para substituir a consagrada Ninja 300. ATUALIZAÇÃO (14/08/2018): Kawasaki lança oficialmente o modelo no Brasil, por isso atualizamos a potência e o preço, veja abaixo.

Com mudanças que vão desde o design, inspirado em esportivas como a Ninja 650 e até a monstruosa H2, e passam pelo motor, que ficou mais potente, as atualizações vão além e chegam até na ciclística com novo quadro, assento mais estreito e novas suspensões.

Vocês sabiam que a versão vendida na Índia é 4 cavalos mais potente que a mesma Ninja 400 vendida na Europa/EUA? Outro fato, apesar de todas as atualizações e até o aumento na capacidade do motor, a novidade da Kawasaki consegue ser ainda mais leve que a versão anterior?

Kawasaki Ninja 400 2018

10 Fatos Nova Kawasaki Ninja 400 2018

Seguindo a série de artigos e vídeos “10 Fatos” aqui do Motorede (veja todas as motos), aproveitamos que o pessoal da Kawasaki confirmou para gente que a Ninja 400 chegará ao Brasil em breve para criar a lista com fatos que você precisa saber sobre a novidade.

Como já mencionamos acima, alguns dos fatos é que o modelo ficou mais leve que a versão anterior e é vendido com entrega de potência diferenciada de acordo com cada mercado. E, como de costume, aproveitamos para trazer um fato extra. Vamos aos 10 fatos da Ninja 400 2018:

10 FATOS NOVA NINJA 400 2018

Fato 1) Vamos começar falando do novo motor de 399 cc

Segundo testes na Europa, o novo motor bicilíndrico paralelo que teve aumento em 103 cc, passando de 296 para 399 cilindradas, não ficou só mais potente mas também se tornou mais suave e passou a entregar uma ótima resposta no acelerador.

Apesar de ampliar sua capacidade e taxa de compressão, o motor manteve o mesmo tamanho físico e peso do motor equipado na versão anterior. Os dois propulsores são bem parecidos, mas o de 399 cc agora tem os cilindros inclinados 20 graus para frente e tiveram as passagens do líquido de arrefecimento revisadas.

As mudanças fazem com que esse motor entregue uma boa distribuição de potência em toda faixa de rotação, principalmente em baixa e média amplitude, algo voltado para as ruas. Mas também não deixa de lado os pilotos que pretendem colocar o modelo na pista, oferecendo pico de torque a 8000 RPM.

Kawasaki Ninja 400 2018

Fato 2) O Motor ficou mais potente e entrega potências diferentes para cada região do mundo

O que isso quer dizer? Indica que aqui no Brasil o modelo poderá chegar em sua versão mais potente, a vendida na Índia. ATUALIZAÇÃO (14/08/2018): o modelo chegou ao Brasil com 48 cavalos de potência máxima.

Conforme informado no início a Ninja 400, com todas as suas atualizações, entrega mais potência no modelo comercializado no mercado indiano do que a motocicleta que é vendida na Europa/EUA. São 4 cavalos de diferença entre um mercado e outro.

 

Kawasaki Ninja 400 2018

Na Europa/EUA o novo motor de 399 cc é limitado para desenvolver a potência máxima de 45cv e tem torque de 3,9 kgfm. Na Índia esse mesmo motor está configurado para liberar 49 cavalos na mesma faixa de rotação.

Isso acontece por conta do sistema de habilitação internacional que limita à potência máxima a 47 cv (e a relação peso/potência em 0,27cv/kg) de acordo com o tipo licença que o piloto tem.

Para fazer com que a Ninja 400 atenda aos pilotos da Licença A2 europeia sua potência teve que ser reduzir aos 45 cavalos, algo desnecessário na Índia e também aqui no Brasil, o que indica que ela poderia até chegar mais potente por aqui.

Kawasaki Ninja 400 2018

Fato 3) Comparação de potência entre a Ninja 300 e Ninja 400

Na parte do motor, com seus 45 cavalos, a Ninja 400 é 6 cavalos mais potente que a Ninja 300, que gera até 39 cv. Se compararmos com o novo modelo vendido no mercado indiano esse número sobe para 10 cavalos. Uma evolução e tanto.

Já no torque a evolução é de 1 kgfm em relação ao modelo de 296 cilindradas.

Vale ressaltar que a Ninja 400 tem o Top Speed registrado de até 195km/h (segundo vídeos). Existe alguns vídeos na internet mostrando uma “Ninja 400” marcando mais de 200km/h, mas nesse caso trata-se de uma Ninja 650, e o porquê dessa “confusão” explicaremos no final deste artigo.

Kawasaki Ninja 400 2018

Fato 4) A novidade da Kawasaki ficou mais potente e ainda se tornou mais leve que a Ninja 300

A versão anterior pesa 173 kg, enquanto que a nova Ninja 400 tem peso a seco de 168 kg. Essa redução foi obtida por várias modificações, como o novo chassi em treliça mais rígido e leve que substituiu o de berço semi-duplo e que tem o braço oscilante montado diretamente nele, algo parecido com a configuração da superbike Ninja H2.

Segundo informações, o motor também ficou cerca de 1 quilo mais leve e as rodas de liga leve com 5 raios ajudaram para que os engenheiros da Kawasaki conseguissem melhorar o peso total da máquina.

Kawasaki Ninja 400 2018

Fato 5) Nova caixa de ar e mudanças no escapamento fazem o modelo “uivar”

A nova caixa de ar maior tem uma entrada de fluxo descendente que permite um fluxo mais direto na cabeça do cilindro para ajudar a centralizar a ampla distribuição de energia. Além disso, a caixa de ar tem novo lugar, passando de debaixo do assento para uma posição embaixo do tanque.

Já no escapamento, os tubos passaram a ter diâmetro maior, gerando mais potência, e tendo maior fluxo de escape. Um novo design de cárter permite uma linha mais direta para o silenciador, eliminando um pouco do peso.

Ainda falando sobre esse novo fluxo, quando o piloto girar o acelerador, sob forte aceleração, será possível ouvir um “uivo” que alegrará qualquer um. As informações são de pilotos que testaram o modelo na Europa/EUA.

Kawasaki Ninja 400 2018

Fato 6) A Ninja 400 passa a vir com câmbio de seis velocidades com embreagem deslizante

Essa é uma diferença que visa melhorar as trocas de marchas em relação a Ninja 300, onde a embreagem era considerada pesada. Agora na Ninja 400 é possível fazer trocas de marcha acionando o manete da embreagem com apenas um dedo.

Outra função é que essa nova transmissão auxilia quando o piloto faz uma redução de marcha brusca, evitando que a roda traseira trave.

Kawasaki Ninja 400 2018

Fato 7) Atualização na suspensão e no freio dianteiro

Na parte das suspensões a mudança está no diâmetro do garfo dianteiro. Já nos freios quem ganha novo diâmetro é o disco dianteiro.

A Ninja 400 possui garfos dianteiros telescópicos convencionais, em vez de invertidos, e o diâmetro do garfo foi aumentado de 37 mm (Ninja 300) para 41 mm. Na parte traseira a suspensão Uni-Trak ajustável em 5 níveis na pré-carga da mola e curso de 132 mm foi mantida.

Para os freios, o disco dianteiro passa dos 290 mm de diâmetro da Ninja 300 para os 310 mm na Ninja 400. Já o disco traseiro se manteve o mesmo de 220 mm. O ABS é padrão.

Kawasaki Ninja 400 2018

Fato 8) A distância entre-eixos foi reduzida, deixando a motocicleta mais ágil

A geometria do novo chassi de treliça da 400 é muito mais agressiva do que a estrutura de berço duplo da 300.  Já a distância entre eixos agora é um pouco menor e o braço oscilante de alumínio também é mais longo, o que, segundo a Kawasaki, garantiu mais agilidade para o modelo.

Fato 9) Ergonomia confortável, mas compatível com uma pequena esportiva de entrada

A altura do assento é de 785 mm e seu desenho é relativamente mais fino perto do tanque, ficando praticamente 30 mm mais estreito que o assento da Ninja 300, garantindo maior mobilidade por parte do piloto.

Além disso, o guidão do estilo clip-on foi ligeiramente recuado, estimulando uma posição mais ereta. Porém, as pedaleiras foram recuadas um pouco, inclinando o piloto para a frente e dando impressão de esportividade.

Segundo quem testou o modelo, na prática essa posição se mantem neutra e não sobrecarrega o pulso do piloto.

Kawasaki Ninja 400 2018

Fato 10) Qual o preço da nova Kawasaki Ninja 400 2018?

No mercado Europeu o modelo tem preço inicial sugerido na casa das 5.300 libras. Esse valor, em conversão direta para o Real, fica em torno de R$ 25.600,00.

Já na Índia ela é especulada por um alto preço para o mercado local, cerca de 469.000 Rúpias Indianas, valor aproximado da Z650 por lá segundo uma fonte indiana. O valor para a Ninja 400, em uma conversão direta para o Real, ficaria em torno de R$ 24.700,00.

ATUALIZAÇÃO (14/08/2018): Preço oficial da Kawasaki Ninja 400 2018 no Brasil é sugerido de R$ 23.990,00 e R$ 24.990,00 (KRT).

Kawasaki Ninja 400 2018

Fato 11) O fato extra está relacionado ao seu design e àquele vídeo com Top Speed de 200 km/h

O visual da Ninja 400 foi redesenhado e deixou a novidade com cara de uma superbike maior. No início deste artigo mencionamos sobre a confusão em vídeos de Top Speed acima de 200km/h. Isso acontece porque a Ninja 400 usa o mesmo painel da Ninja 650.

Já suas novas carenagens são inspiradas na maior superesportiva da Kawasaki, a Ninja H2. Essas carenagens fornecem mais proteção aerodinâmica mas também confirmam o visual agressivo e esportivo da novidade.

A inspiração na sua irmã maior, a Ninja H2, pode ser observada pelo “bico duplo” abaixo do farol dianteiro, pelas carenagens e até na parte traseira.

Aliás, os faróis dianteiros agora são de LED, tanto luz alta quando baixa, e a novidade também equipa luz de presença em LED. Já o painel de instrumentos é o mesmo da Ninja 650, o que dá um ar superior e confere status de motor maior para a Ninja 400.

Vídeo 10 Fatos: Nova Kawasaki Ninja 400 2018

Assista acima o vídeo que o publicamos em nosso canal no Youtube (inscreva-se aqui) e veja todos esses fatos em vídeo.

Kawasaki Ninja 400 2018 Kawasaki Ninja 400 2018



2 Comentários para "10 Fatos: Nova Kawasaki Ninja 400 2018"

  1. Fato 12 Quando chega para ser comercializada no Brasil?

  2. quero ver a nova Z400 isso sim, se vai sair tbm se demora mto mais que a ninjinha?

Deixe uma resposta