Home » Acima de 600cc » 10 Fatos Furiosa Ninja ZX-6R 2020 no Brasil

10 Fatos Furiosa Ninja ZX-6R 2020 no Brasil


09 abr 2019 0 Comentários

10 Fatos dessa que pode ser a melhor opção de esportiva nas médias cilindradas do Brasil, a nova Kawasaki ZX-6R 2020 que acabou de chegar ao mercado.

Com diversas atualizações que vão desde novas tecnologias embarcadas, passam pela ergonomia e chegam até em novos recursos no seu painel de instrumentos, a novidade vem para agitar o segmento.

Você sabia que a Ninja ZX-6R 2020 foi lançada com o mesmo preço de quando a nova geração do modelo começou a ser vendida por aqui em meados de 2013? Pois bem, vamos ver esse e todos os fatos sobre a novidade a seguir.

10-fatos-ninja-zx6r-2020-01

10 Fatos Ninja ZX-6R 2020 no Brasil

Seguindo a série de artigos e vídeos “10 Fatos” aqui do MotoRede (veja todas as motos), onde montamos uma lista com as principais características de algum modelo ou assunto, trazemos os seguintes fatos que você precisa saber sobre a nova Ninja ZX-6R 2020 no Brasil:

10-fatos-ninja-zx6r-2020-02-Motor

Fato 1) Já vamos começar falando do motor e potência, além de explicar porque ela é a melhor opção das supersport de médias cilindradas.

Com seu motor 4 tempos, de 4 cilindros em linha, refrigeração líquida e 636 cilindradas, a nova Ninja ZX-6R 2020 que chegou ao Brasil é capaz de gerar a potência máxima de até 130 cavalos. Essa potência fica ainda maior com a ajuda do RAM Air, chegando aos 136 cavalos. Seu torque é de 7,2 kgf.m aos 11.000 giros.

Ela se torna a melhor opção das esportivas de média cilindrada justamente por não ter uma concorrente direta no mercado nacional. A única carenada nacional nessa faixa de cilindradas é a Honda CBR 650F, uma moto com perfil menos esportivo que a ZX-6R.

10-fatos-ninja-zx6r-2020-02-cb650f

Possíveis concorrentes para o lançamento de 636 cilindradas da Kawasaki seriam a Yamaha R6 e seus quase 120 cavalos ou a Honda CBR 650R, que fica bem atrás com seus 95 cavalos. Outra possível concorrente ainda da família Honda seria a suposta novo CBR 600RR 2019 que estaria para renascer, mas isso é assunto para outro momento.

10-fatos-ninja-zx6r-2020-03-Farol-LED

Fato 2) Novo design da carenagem frontal reforçando o visual característico e novos faróis em LED.

O novo design da carenagem frontal, como a própria Kawasaki diz, representa o próximo passo na evolução do icônico “rosto” Ninja, o que contribui para ter um visual que se destaque da concorrência.

Cada um dos novos faróis de LED possui lanterna e faróis alto e baixo. Segundo a fabricante, eles são altamente visíveis e oferecem um brilho significativamente maior para iluminar o caminho, especialmente durante a noite.

10-fatos-ninja-zx6r-2020-03-Assento

Fato 3) A nova Ninja ZX-6R 2020 traz modificações no assento e até na trava de banco, onde agora a sua liberação é invertida.

O novo desenho do assento, mais compacto e estreito na parte frontal, permite melhor acomodação do piloto, contribuindo ainda mais para o feedback que o motociclista recebe do chassi, assim como facilita o acesso ao solo por todos os tipos de pilotos.

Já na trava do assento, o mecanismo foi alterado e agora libera o banco frontal em vez do traseiro, o que permite fácil acesso à bateria.

10-fatos-ninja-zx6r-2020-04-Lanterna-Traseira

Fato 4) Seguindo um pouco mais para trás na moto a Kawasaki destaca sua parte traseira, com a lanterna inspirada na sua irmã maior, a ZX-10R.

As linhas invertidas da nova rabeta foram projetadas para destacar ainda mais a traseira. As seções sobrepostas e entrelaçadas são um elemento-chave do projeto, segundo a própria fabricante, o que contribui para o design esportivo da Ninja ZX-6R.

A lanterna de LED inspirada na Ninja ZX-10R acrescenta um sofisticado toque à sua traseira, reforçando seu apelo para as pistas.

10-fatos-ninja-zx6r-2020-05-Painel

Fato 5) O painel traz o visual que já se tornou conhecido da Kawasaki, bem amplo e com fácil visualização que para a ZX-6R traz novas funções.

O design sofisticado do painel de instrumentos da nova esportiva de média cilindrada da Kawasaki apresenta um grande tacômetro ladeado por lâmpadas de advertência em um lado e tela LCD multifuncional no outro, seguindo o estilo das outras motos da família Ninja.

A grande novidade é que agora ele traz recursos como medidor de combustível, autonomia restante e indicador de marcha.

10-fatos-ninja-zx6r-2020-06-Quickshifter

Fato 6) A nova Ninja ZX-6R 2020 que chegou ao Brasil passa a trazer Quick Shifter de série, porém, é só pra subida de marchas.

O Kawasaki Quick Shifter, na sigla KQS, agora é de série e permite elevações de marcha sem a utilização da embreagem, resultando em trocas mais rápidas e evitando a queda excessiva de rotação a cada mudança.

O sistema detecta que o pedal de mudança de marchas foi acionado e envia um sinal à central eletrônica (ECU) para cortar a ignição de modo que a próxima marcha possa ser engatada sem ter de usar a embreagem.

Porém, o Quick Shifter na entra em funcionamento abaixo dos 2.500 giros e, segundo a própria Kawasaki, o uso da embreagem é recomendado para reduções de marcha.

10-fatos-ninja-zx6r-2020-07

Fato 7) Aproveitando que falamos da troca de marchas, a relação de transmissão da ZX-6R está mais curta, priorizando seu uso em pista.

Junto com o KQS mencionado no fato anterior está a transmissão do tipo cassete que facilita a troca rápida de marcha, reduzindo o tempo de configuração necessário para uso em pista.

Uma relação de transmissão final mais curta enfatiza ainda mais a forte retomada do motor. Bem adaptada ao foco de rua da Ninja ZX-6R, essa mudança promete ainda mais diversão na cidade e em estradas sinuosas também.

10-fatos-ninja-zx6r-2020-08-Embreagem

Fato 8) Fechando essa parte dos fatos que foca bastante na agilidade para troca de marchas e retomadas está a embreagem assistida e deslizante ajustável.

A principal vantagem é deixar mais leve o acionamento do manete de embreagem, facilitando a vida do piloto que necessita trocar muitas vezes de marcha.

Além disso, esse tipo de embreagem reduz o efeito do freio motor excessivo e em grandes desacelerações evita travamento na roda traseira.

O manete da embreagem pode ser ajustado em até 5 posições diferentes, de acordo com a preferência do piloto.

10-fatos-ninja-zx6r-2020-09-Escapamento

Fato 9) Chegando perto do fim desses 10 fatos Kawasaki Ninja ZX-6R 2020 temos o silenciador com novo tratamento e pedaleiras com novo design.

O silenciador do escapamento agora vem com novo tratamento em seu acabamento e capa protetora, reforçando o apelo visual e exclusivo dessa carenada de média cilindrada.

A pedaleira também passou por mudanças e agora vem com novo design que, junto com o silenciador, acrescenta mais esportividade ao visual da moto.

10-fatos-ninja-zx6r-2020-10

Fato 10) A nova Ninja ZX-6R chegou ao Brasil com o mesmo preço de quando a nova geração do modelo começou a ser vendida por aqui em meados de 2013.

A nova Ninja ZX-6R 2020 tem o preço sugerido de R$ 49.990,00 no Brasil e estará disponível na combinação de cores Lime Green/Ebony/Metallic Graphite Gray a partir da segunda quinzena de abril.

Esse preço é exatamente o mesmo pedido pelo modelo em 2013, quando chegou aqui em sua nova versão.

10-fatos-ninja-zx6r-2020-11

Fato Extra) A novidade da Kawasaki ainda traz diversos outros itens de segurança e eletrônica embarcada.

Entre os principais itens de destaque para a ZX-6R 2020 estão o freio ABS KIBS com disco duplo de 310 mm na frente e simples de 220 mm atrás, Controle de Tração KTRC e seletor de modo de potência com três níveis:

Full, Middle e Low, onde no primeiro, o Full, o piloto recebe a curva de potência máxima de ZX-6R e no modo Low ele recebe cerca de 60% da capacidade da máquina.

10-fatos-ninja-zx6r-2020-12 10-fatos-ninja-zx6r-2020-13



Deixe uma resposta