10 Fatos nova KTM 890 e 890 R no Brasil

Veja 10 fatos exclusivos sobre a nova KTM 890 Adventure, como suas duas versões, preço, motor e especificações!

A KTM lançou no Brasil a nova 890 Adventure e o modelo chega em duas versões. A KTM 890 Adventure mais voltada para uso misto e estrada e a KTM 890 Adventure R, focada na rodagem em terrenos extremos.

Advertisement

Essas são duas motocicletas aventureiras equipadas com o já conhecido motor agressivo da família Duke. A seguir veremos 10 fatos sobre as novas KTM 890 e 890 R no Brasil com muitos detalhes sobre esse lançamento.

10 Fatos nova KTM 890 e 890 R

  • 1 Design inspirado no Dakar
  • 2 Motor de derivado da Duke
  • 3 Conjunto atualizado
  • 4 Quickshift opcional
  • 5 KTM 890 Adventure
  • 6 KTM 890 R
  • 7 Novo chassi
  • 8 Painel TFT e modos de condução
  • 9 Rodas e pneus distintos entre versões
  • 10 Preço no Brasil

1) Design inspirado no Dakar

A nova KTM 890 Adventure tem no seu design as características marcantes das motocicletas da marca austríaca. Vemos as cores, grafismos e desenho afilado no farol dianteiro. Mas do que isso, na trail vemos que a marca ainda aliou elementos de modelos do universo enduro.

Sem falar da inspiração que vem também de motos da fabricante que competem no Rally Dakar. Desde a rabebeta até a linha do tanque, e mesmo o layout da proteção do motor, tem elementos das motos de competição.

2) Motor derivado da Duke

Potência é o que não falta na nova KTM 890, o modelo é motorizado pelo bicilíndrico em linha, de quatro válvulas e refrigeração líquida. Trata-se do propulsor já conhecido e derivado da naked 890 Duke, com 889 cm³. No entanto, ele foi devidamente adequado para a proposta de uso misto da moto trail. Com isso, na motocicleta aventureira o moto entrega potência máxima de 105 cv a 8.000 rpm e o torque máximo de 10 kgf.m a 6.500 rpm.

3) Conjunto atualizado 

A KTM 890 que vai chegar ao Brasil já vem com atualizações na embreagem – tipo slipper – fundamentais para lidar com o torque e potência que foram aumentados. Frente a antiga geração, foi um ganho de 90 cm³ adicionais no motor. Além disso, graças às últimas atualizações eletrônicas e refinamentos do silenciador – que integra o catalisador do sistema de escapamento – o lançamento atende às normas de emissões do Euro5. Trata-se então de um motor atualizado e com um maior controle de poluentes.

  • Entre no grupo do Motorede no Telegram, saiba tudo em primeira mão e interaja diretamente: t.me/Motorede

4) Quickshift opcional

Mas além de mais potente, o lançamento vai oferecer uma pilotagem ainda mais ágil. Tudo isso devido ao aumento de 20% nas sua massas rotativas e também graças às novas configurações do controle de tração (MTC). A transmissão da trail é de seis marchas, mas conta com as trocas rápidas do quickshift, que chega como um opcional, e torna a resposta da moto imediata. Segurando a máquina, o sistema de ABS também foi atualizado.

5)  KTM 890 Adventure

A fabricante austríaca vai disponibilizar no Brasil como entrada e versão mais voltada para a estrada, a KTM 890. O modelo tem poucas mudanças em relação a 890 R, além dos grafismos, banco bi-partido e mais confortável e a ausência de para-lama dianteiro alto.

O modelo 890 utiliza suspensão WP APEX invertida de 43 mm na dianteira e amortecedor WP APEX na traseira, ambos com 200 mm de curso. Isso deixa a moto 4 centímetros mais baixa que a versão R. Ou seja, uma característica que agrada muito no uso urbano e aos condutores de estatura mediana ou baixa.

6) KTM 890 Adventure R 

E quanto a versão R? Vamos falar então do modelo com visual mais agressivo e conjunto para encarar uma diversidade maior de terrenos. A KTM 890 R chega ao mercado brasileiro com recursos atualizados também. Mas o destaque principal fica por conta das suspensões WP XPLOR, de maior curso, com 240 mm, totalmente ajustáveis. Mudanças para permitir percursos ainda mais difíceis.

7) Novo chassi

O lançamento da KTM também ficou mais leve e resistente, em comparação aos modelos antigos. Isso graças às atualizações do chassi, que recebeu quadro e subquadro construído em aço carbono cromo-molibdênio, revestido com tinta em pó. Com essa mudança, o conjunto chega com 196 kg de peso seco de acordo com a fabricante. O tanque do modelo tem capacidade para 20 litros de combustível.

8) Painel TFT e modos de condução

A tecnologia se faz presente também pelo novo painel completo em TFT e sistema de iluminação em LED. Na parte eletrônica, a moto oferece todas as principais ferramentas desenvolvidas pela KTM, que incluem funções como My Ride, Off Road Ride Mode, OffRoad ABS, Cornering ABS, Street Mode, Rain Mode e Controle de Tração.

9) Rodas e pneus distintos entre versões

No modelo dedicado à rodagem em estrada, a KTM 890, as rodas são de liga leve e calçadas por pneus de uso misto sem câmara na moto de entrada. Enquanto isso, na versão mais extrema, as rodas são raiadas e com pneus com câmara na Adventure R. Trata-se de uma configuração que pode vir a agradar alguns e ficar devendo para outros condutores. Vai depender do gosto e de cada necessidade.

10) Preço no Brasil

A nova KTM 890 Adventure está sendo oferecida com preço sugerido de R$ 134.990 enquanto que a  KTM 890R não sai por menos de R$ 139.990. Ambas as motos chegam neste mês nas concessionárias da marca.

No mercado nacional, o modelo vem para disputar com motocicletas como a BMW F 850 GS, Triumph Tiger 900 e até mesmo Honda Africa Twin 1100. Será uma nova opção no mercado das big trail que está cada vez mais quente no país.

Advertisement

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários