10 Fatos sobre a Triumph Trident 660 no Brasil

Veja 10 fatos sobre a nova Triumph Trident 660 que acabou de chegar ao Brasil e saiba tudo sobre a novidade. Veja concorrentes, preços e detalhes técnicos.

A nova Triumph Trident 660 chegou recentemente ao Brasil para ser a porta de entrada da marca no país. Ou seja, a moto mais barata da fabricante a ser vendida por aqui.

Advertisement

O modelo moderno, mas com acenos ao passado, conta com um motor exclusivo dedicado à sua proposta e estilo. Mais do que isso, trata-se de uma moto com potência confortável aos novos e satisfatória aos mais experientes pilotos.

Por isso listamos aqui 10 fatos sobre essa novidade no mercado nacional.

10 Fatos Triumph Trident 660

    1. Design

    2. Chegou como conceito

    3. Resgate do nome Trident

    4. Porta de entrada na linha Triumph

    5. Motor

    6. Modos de pilotagem

    7. Painel TFT e LED

    8. Conforto

    9. Preço

    10. Concorrentes 

1) Design

A Triumph Trident 660 faz parte do segmento Roadster da marca britânica. De forma geral, o modelo se encaixa no popularmente conhecido nicho das nakeds de média cilindrada.

Com isso, a novidade integra uma das categorias que mais crescem atualmente no universo das motocicletas e uma das mais bem aceitas em nosso mercado.

Para competir nesse nicho, a Triumph criou uma moto com visual moderno, mas que também lembra o passado. Não chega a ter um design retrô, mas segue o conceito clássico de poucas carenagens, motor à mostra e o tradicional farol redondo.
1
Concorda?x

Aliado a esse estilo estão o painel redondo e o ótimo acabamento em seu tanque de combustível, que possui uma curvatura para melhor encaixe das pernas do piloto, sendo algo tanto técnico quanto estético.

  • Entre no grupo do Motorede no Telegram, saiba tudo em primeira mão e interaja diretamente: t.me/Motorede

Triumph-Trident-02

2) Chegou como conceito

A nova Trident 660 foi revelada pela Triumph ao mundo ainda na forma de conceito, em 2020. O protótipo foi apresentado com muita pompa no Design Museum, em Londres.

Quando vista pela primeira vez, o destaque focava em suas formas, ainda escondidas sobre suas partes toda em branco. Imitando uma escultura de obra de arte.

Além disso, o projeto da Triumph Trident 660, até ser apresentado, levou quatro anos para ser desenvolvido. Mais do que isso, todo o trabalho contou com a ajuda do italiano Rodolfo Frascoli. Nada menos que um dos responsáveis pelo design da mais recente Tiger 900.

3) Resgate do nome Trident

O aceno ao passado da Triumph não é só no visual, já começa pelo nome da moto. A nomenclatura Trident já batizou dois modelos da marca britânica em diferentes épocas.

A primeira moto era do final da década de 1960, também conhecida como Rocket 3. Já a segunda Trident na história da marca foi uma moto do começo dos anos de 1990. Era uma naked de visual esportivo.

O ponto de encontro entre estas e a nova Trident é o motor construído em layout tricilindrico. Assim, vemos um nome que remete a sua tradição na forma de ser motorizada.

4) Porta de entrada na linha Triumph

A nova Trident 660 chegou ao Brasil com a missão de ser o produto de entrada na marca britânica.

Isso não é uma exclusividade do mercado brasileiro, pois no exterior, a Trident também assume o posto de moto mais acessível dentro do catálogo da fabricante.

Seu preço fica abaixo dos R$ 50 mil e se encontra dentro da faixa de valores praticados para suas concorrentes nacionais, como a CB 650R.

5) Motor

A missão do lançamento da Triumph é ser uma moto que possa atender os mais variados tipos de públicos, podendo também ser destinada aos motociclistas recém chegados.

Para isso, a fabricante escalou um motor inédito de três cilindros de 660 cm³, desenvolvido exclusivamente para o motocicleta, com 67 novos componentes.

Esse propulsor entrega a potência máxima de 81 cv a 10.250 rpm e 6.52 kgf.m de torque aos 6.250 giros. Os números podem assustar jovens pilotos, mas já rodamos na motocicleta e podemos afirmar que ela é muito fácil de domar. Assista o review completo em nosso canal no Youtube, no vídeo acima, com mais de 30 mil visalizações.

6) Modos de pilotagem

A Trident 660 possui apenas dois modos de pilotagem, Rain e Road. O que não significa que ela deixe a desejar em sua experiência de pilotagem.

Os modos de pilotagem, destinados para condução na chuva e pilotagem na estrada, respectivamente, se ajustam à resposta do acelerador eletrônico. Além disso, são auxiliados também pelo controle de tração.

É um destaque tecnológico em comparação com sua principal concorrente do mercado nacional.

7) Painel TFT e LED

Mesmo sendo uma moto de entrada, a Trident tem um pacote generoso de tecnologia, afinal, estamos falando de uma marca “Premium” no mercado. Com isso, o modelo chega com painel TFT com conexão ao aplicativo My Triumph (sistema de conectividade para o smartphone).

Esse painel é dividido em duas telas, uma maior na parte superior e uma menor na parte inferior. Em cima temos o conta-giros, velocímetro, indicador de marchas e mais algumas informações básicas. Enquanto que na tela de baixo está toda a parte de conectividade, como indicador de direções do GPS, conexão com câmera GoPro e toda sua parte de multimídia e computador de bordo.

Já falando em iluminação, a nova Trident 660 conta com iluminação totalmente em LED.

8) Conforto

A Trident chegou com a proposta de oferecer uma moto confortável, potente e ainda dócil aos novos condutores. Desta forma seu conjunto foi ajustado para isso.

Vemos nela as rodas aro 17 polegadas, de liga-leve em alumínio, calçadas com pneus sem câmara e junto a isso o cuidado das suspensões da marca Showa.

A moto tem peso relativamente leve, com 189 kg em ordem de marcha, pronta para rodar, e seu assento tem altura do solo de 80,5 cm. O banco possui boa aderência e uma boa camada de espumada e a posição de pilotagem é levemente agressiva, deixando o piloto avançado para frente da moto.

9) Preço

Como informado antes, sendo a porta de entrada para as motos da marca Triumph no Brasil, a Trident 660 chega com preço convidativo.

O modelo parte do valor sugerido de R$ 47.490,00.
0
O preço está ideal?x

Dentro do catálogo da fabricante, o próximo degrau entre os produtos oferecidos no Brasil seria a T100, que parte dos R$ 55.190,00.

Esse preço também a deixa bem próximo de sua principal concorrente, assunto do próximo fato.

10) Concorrentes 

A Triumph Trident 660 chega no mercado brasileiro disputando vendas com sua principal concorrente, a CB 650 Neo Sports Café da Honda. A diferença de preço entre as duas fica em apenas R$ 330,00, o que deixa a briga ainda mais boa. As principais diferenças entre as duas é que a moto da Triumph traz um motor de três cilindros, enquanto que a da Honda vem equipada com um quatro cilindros em linha.

Em breve essa disputa ficará ainda mais acirrada, pois a Kawasaki já anunciou a chegada da sua média cilindrada com estilo retrô ao Brasil, a nova Z 650RS. Porém, ainda não temos as informações de preço ou especificações.

Além de tudo isso, esse mercado é ainda mais concorrido, pois por aqui, deixando o estilo neoclássico para trás, a Trident 660 ainda vai concorrer com as bicilíndricas japonesas Yamaha MT-07 e Kawasaki Z 650. Quem vence essa batalha?

Advertisement

Se inscrever
Notificar de
guest
4 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
Webster Vilela
Webster Vilela
14 dias atrás

Com o tempo a entrega vai se normalizar. Temos problemas de Pandemia e econômica que com certeza causam atrasos. Sem falar que é um lançamento.

Emilio
Emilio
17 dias atrás

de que adianta lançar essa moto aqui no Brasil e não ter para entregar, segundo vendas da concessionária não estão nem fazendo reserva somente a partir de Julh/2022, pura ilusão dizer que essa moto é a mais barata se não tem para vender, muito menos entregar,bela m….

Seku Mello
Admin
17 dias atrás
Responder a  Emilio

A entrega está assim Emílio? Aí fica difícil mesmo, lançar sem ter disponibilidade é complicado. Vamos tentar verificar se isso aconteceu por ter vendidos todas as unidades antes do que eles imaginavam ou se o número de motos disponível era bem baixo.

Cleber
Cleber
17 dias atrás
Para competir nesse nicho, a Triumph criou uma moto com visual moderno, mas que também lembra o passado. Não chega…" Ler mais »

Sim, concordo. Achei o estilo legal.