Home » Destaques » 3 Erros que acabam com sua moto | O Manual da Moto

3 Erros que acabam com sua moto | O Manual da Moto


16 jan 2017 0 Comentários

Todo motociclista sabe que existem alguns comportamentos que, mesmo sendo costumeiros, podem causar danos à moto. Confira agora 3 erros comuns que acabam com sua moto!

Para os apaixonados pelas aventuras em duas rodas nada pior do que ter uma viagem ou mesmo uma ida ao trabalho frustrada por algum problema técnico da motocicleta, não é mesmo?

No entanto, muitos de nós ainda praticamos hábitos bastante ruins e que podem acabar com a moto de forma rápida, indo desde a falta de manutenção da corrente até a falta da troca de óleo, ou mesmo no uso errado da embreagem e motor.

Explicamos agora 3 erros que acabam com sua moto e como evitá-los. Confira esse que é mais um artigo da série “O Manual da Moto”.

3 Erros que acabam com sua moto

3 Erros que acabam com sua moto (e como evitá-los)

Mesmo o mais cuidadoso dos motociclistas, vez por outra, comete um errinho aqui e outro ali, seja por falta de atenção ou mesmo por desconhecimento. Por isso, listamos 3 dos principais e mais comuns erros que podem acabar com sua moto rapidinho.

3 Erros que acabam com sua moto

    • 1) Não cuidar do óleo do motor

Ah, o óleo do motor. Como já falamos neste artigo e também neste artigo, o óleo de motor da motocicleta é ainda mais importante do que nos carros, dada as devidas proporções, já que o motor de uma moto é, em geral, mais exigido do que os de um carro.

Além de servirem para refrigeração em alguns modelos, além da lubrificação do motor, o óleo da motocicleta também é usado para o câmbio, ao contrário dos carros, onde são separados. Por isso exigem muita atenção.

Para evitar que sua motocicleta apresente problemas por conta do óleo, é fundamental ficar de olho na data de validade, no seu nível recomendado e, claro, estar atento a quilometragem rodada máxima até a troca.

Cada fabricante tem uma recomendação específica para suas motos, variando a quilometragem máxima rodada de acordo com o óleo, porém, você nunca deve exceder esse número ou o prazo máximo de 6 meses.

3 Erros que acabam com sua moto

    • 2) Pneus murchos ou cheios demais

Outra questão que pode detonar sua motocicleta é a falta de cuidado com os pneus, que são os “calçados” de sua parceira de duas rodas. Como já falamos aqui, os pneus são parte fundamental da boa pilotagem e da segurança, mas também tem impacto direto na durabilidade da moto.

Andar com pneus murchos ou calibrados em excesso pode oferecer diversos riscos e danos. Os pneus murchos furam mais facilmente, podem romper com mais facilidade e mesmo comprometer as rodas.

Já os pneus com calibração muito acima do recomendado podem furar e explodir com impacto ou perfuração, danificar as suspensões em buracos e até mesmo prejudicar a pilotagem. Podem causar grande desconforto, atrapalhando o trabalho das suspensões.

3 Erros que acabam com sua moto

    • 3) Desligar motor da moto na descida

Que atire a primeira pedra o motociclista que, para economizar combustível, nunca pensou em desligar o motor em uma descida.

Apesar de ser uma economia de combustível, o barato pode sair caro: apesar do motor estar desligado, a transmissão e o câmbio continuam em funcionamento, mas podem ser danificados já que o motor não está fornecendo óleo para a lubrificação.

Outra situação semelhante e também danosa é manter o motor em marcha-lenta na descida e embreagem acionada. Apesar do motor estar ligado, estará funcionando com pressão mínima, o que faz com que a bomba de óleo não conte com a potência necessária para lubrificação.

E esse foi mais um artigo da série “O Manual da Moto”, clique aqui para ver mais. Aproveite e deixe a sua dica nos comentários abaixo, vamos compartilhar informações.



Deixe uma resposta