5 motos Trail até 20 mil no Brasil

Veja 5 motos Trail até 20 mil que estão a venda no Brasil!

Um nicho que cada vez mais vem ganhando destaque no universo das duas rodas é o das motos de uso misto.

Advertisement

Estamos falando das pequenas trail, modelos de baixa cilindrada, mas que oferecem suspensões mais altas, de curso mais longo. Sem dúvida, um conjunto ideal para rodar em estradas de terra e por que não, pelas acidentadas ruas das cidades.

Por isso, nada melhor que conhecer 5 opções de motos trail de entrada até R$ 20 mil* disponíveis no Brasil.

1 – Honda Bros 160 (R$ 15.790)

A Honda Bros 160 é uma das mais populares em seu nicho. O modelo é conhecido pelo seu característico bico, o para-lamas dianteiro, e tem painel digital com visor blackout. A suspensão tem garfo telescópico de 180 mm de curso e monoshock com 150 mm na traseira.

A roda dianteira tem aro 19” e a traseira de 17”, calçando pneus 90/90 e 110/90, respectivamente. Enquanto isso, os freios são a disco, com o sistema combinado, CBS. Seu motor monocilíndrico, refrigerado a ar, tem 162,7 cc, sendo bicombustível

Com isso, a moto rende na gasolina 14,5 cv a 8.500 rpm e 1,46 kgf.m a 5.500 rpm. No etanol são 14,7 cv e 1,60 kgf.m, na mesma faixa de rotação. A Bros tem câmbio de cinco marchas, seu preço sugerido é de R$ 15.790,00 e ela passou por mudanças na sua última versão, veja a matéria completa aqui.

  • Quer ver vídeos sensacionais sobre motos? Acesse o canal Motorede no: youtube.com/Motorede
  • Compre pneus com desconto na PneuStore usando cupom SEKU7 (para motos) e SEKU5 (para carros e outros), clique e aproveite: Pneu com Desconto

 

2 – Yamaha Crosser (R$ 16.590)

Já a renovada Yamaha Crosser 150 conta com duas versões. O modelo S conta com para-lamas pequenos. Enquanto a versão Z apresenta o tradicional bico grande, na frente da moto. Além disso, em sua mais recente geração ganhou farol em LED, tomada 12V e painel totalmente digital.

Essa concorrente é movida por um monocilíndrico de 149 cc refrigerado a ar, também bicombustível. Com gasolina a moto entrega 12,2 cv a 7.500 rpm e 1,3 kgf.m a 6.000 rpm. Rodando no etanol a diferença fica apenas no aumento da potência para 12,4 cv.

A moto tem câmbio de cinco velocidades, garfo dianteiro com curso de 180 mm e balança monocross com link, com 160 mm de curso. As rodas também são de 19 e 17 polegadas, mas com freio ABS na dianteira. Com a renovação, a nova Crosser 150 parte dos R$ 16.590,00 sugeridos.

3 – Haojue NK 150 (R$ 17.597)

A Haojue NK 150 aposta em um visual semelhante às suas concorrentes trail de baixa cilindrada. A motocicleta conta com para-lamas em formato de bico e também tem painel digital.

O modelo é movido por um motor monocilíndrico de 149 cc, refrigerado a ar e com injeção eletrônica. No entanto, só roda com gasolina, entregando potência máxima de 12 cv a 8.000 rpm e torque de 1,24 kgf.m a 6.000 rpm, com câmbio de cinco marchas.

A NK 150 tem o garfo telescópico na dianteira, com 180 mm de curso e monoshock na traseira – sem curso divulgado pela Haojue. Além disso, a moto tem pneus e rodas nas mesmas medidas das rivais, 90/90 e 110/90. Na frente, a moto tem freio a disco, mas na traseira tem freio a tambor, diferente das concorrentes. Seu preço sugerido é de R$ 17.597,00, sendo a mais cara das três até agora.

4 – Honda XRE 190 (R$ 17.570)

A Honda XRE 190 tem seu design inspirado na irmã maior, a XRE 300. Tem farol fixo na carenagem, bico pequeno na dianteira e painéis laterais semelhantes a moto de maior cilindrada. Além disso, o painel também é digital.

O grande diferencial fica pelo motor monocilíndrico arrefecido a ar, com 184,4 cc. Bicombustível, ele rende potência de 16,3 cv a 8.500 rpm e torque de 1,65 kgf.m a 6.000 rpm na gasolina. Com etanol são 16,4 cv e 1,66 kgf.m. A transmissão é de cinco velocidades.

Quanto às suspensões, o conjunto não difere da Bros. Tem rodas de 19 e 17 polegadas, pneus 90/90 e 110/90. Além disso, as suspensões também contam com garfo telescópico de 180 mm de curso e monoshock com 150 mm na traseira. O preço sugerido da XRE 190 é de R$ 17.570,00.

nova-himalayan-2021-06-preta

5 – Royal Enfield Himalayan (R$ 21.690)

Logo acima destes modelos vemos uma opção diferente. A Royal Enfield Himalayan oferece tudo que uma trail precisa, em um pacote com design inspirado em linhas clássicas. Nada menos que uma moto moderna, mas com visual retrô. Também por conta disso, acaba passando dos R$ 20 mil sugeridos.

Apesar de estourar o valor da nossa lista, ela chega em uma faixa de preço mais acessível que suas concorrentes diretas, como a Lander 250, XRE 300 e 310 GS. O modelo é movido por um motor monocilíndrico, arrefecido a ar, com 411 cm³.

Aceitando apenas a gasolina, a moto rende 24,5 cv a 6.500 rpm e 3,2 kgf.m a 4.250 rpm, junto do câmbio de cinco marchas. A Himalayan tem garfo dianteiro com 200 mm de curso e monoamortecedor na traseira com 180 mm. As rodas são de 21 e 17 polegadas, respectivamente, caçando pneus 90/90 e 120/90. Por fim, a moto tem ABS de canal duplo e seu preço sugerido é de R$ 21.690,00.

Advertisement

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários