Home » Abaixo de 599cc » Honda Bros 160 sai de linha em 2019

Honda Bros 160 sai de linha em 2019


11 fev 2019 0 Comentários

A Honda Bros 160 está saindo da linha de produção da fabricante nesse ano de 2019. O motivo é a lei que exige dispositivos que auxiliem e aumentem a segurança da frenagem nas motocicletas.

No caso da versão de entrada da Bros 160, equipada apenas com freio a tambor e sem sistemas que auxiliem na frenagem, a lei exige que seja equipado ao menos um sistema de frenagem combinada.

Já para a versão ESDD, mais completa e com freio a disco nas duas rodas, nada muda. O modelo vem equipado com o sistema CBS desde a sua versão 2018, se adiantado a regulamentação.

Bros-160-sai-linha-2019-freio-tambor

Segundo a resolução 509 do CONTRAN, começando de forma gradativa a partir de 2016, todas as motocicletas fabricadas ou importadas para o país precisam ter sistemas que auxiliam a frenagem.

Para modelos de até 300 cc a exigência é de que eles possam equipar tanto ABS ou CBS. Já para motos acima disso é obrigatório o uso do ABS. O prazo final para que 100% das motos fabricadas ou importadas ao país se enquadrassem nessa lei foi em 1º de janeiro de 2019.

Partindo disso é que a Honda passará a tirar Bros 160 de entrada (freios a tambor e sem sistema de frenagem) de linha. Isso também aconteceu com sua principal concorrente, a Crosser 150, porém a Yamaha foi mais longe e lançou a primeira trail de baixa cilindrada do país com ABS de série (conheça a Crosser 150 ABS 2019).

Bros-160-sai-linha-2019

Honda Bros 160

A versão da Bros com motor de 160 cilindradas foi lançada recentemente no Brasil, em 2015, mas esse modelo da Honda com aptidão tanto para On quanto para Off-Road, já existe por aqui desde 2003.

De 2003 para cá foram fabricadas mais de 2 milhões de Honda Bros, onde mais de 400 mil delas já são dessa versão de 160 cc. Isso confirma o sucesso do modelo país a fora.

Entre as características que a fabricante destaca para o modelo está o design acertado que exalta o seu apelo On/Off-Road, dando aquela cara de moto que enfrenta qualquer tipo de terreno.

Honda Bros 160 2018 Avaliação - Teste freios CBS Terra

A grande novidade da Bros quando lançada em sua versão 2018 foi o sistema de freios combinados, na sigla CBS, que causou um bom desafio para os engenheiros da Honda, tudo por conta do centro de gravidade elevado, além do longo curso das suspensões desses tipos de motocicletas.

Nela, o CBS foi configurado para que, quando o piloto acionar o freio traseiro, aproximadamente 30% da capacidade de frenagem dianteira seja acionada simultaneamente, favorecendo a redução do espaço de parada e mantendo a estabilidade da moto.

No vídeo da nossa avaliação (assista) gravado no Haras Tuiuti, local em que fizemos o teste, Alfredo Guedes da Honda explica a atuação do CBS exclusivo da Bros de forma que evite o mergulho da dianteira em uma frenagem combinada através do sistema.

bros-160-vs-crosser150-potencia

Comparação Bros 160 e Crosser 150

O monocilíndrico refrigerado a ar de 4 tempos com 162,7 cc e injeção de combustível PGM-FI da Honda Bros é capaz de gerar a potência máxima de 14,5 cv a 8.500 rpm e tem torque de 1,46 kgf.m aos 5.500 giros.

Esses números são maiores que o da sua principal concorrente, a Crosser 150 Z, que é capaz de gerar a potência máxima de 12,2 cavalos e tem torque de 1,28 kgf.m.

Vale lembrar que esses números são para o uso com gasolina, pois ambas são bi-combustível, e no caso do uso de Etanol há um leve ganho de potência e torque tanto na moto da Honda quanto da Yamaha.



Deixe uma resposta