Home » Acima de 600cc » Nova CB 1000R 2018 cairia bem no Brasil?

Nova CB 1000R 2018 cairia bem no Brasil?


28 fev 2018 0 Comentários

Nova Honda CB1000R 2018 foi apresentada no final do ano passado e chegou para surpreender a todos com suas modificações tanto mecânicas, quanto eletrônicas e seu novo design. (assista o vídeo no final deste artigo)

Passando a se chamar CB1000R Neo Sports Café (NSC), a novidade chegou equipando o mesmo motor da Fireblade, ficou 12 Kg mais leve e agora passa a contar com visual atualizado e minimalista, típico de uma Café Racer moderna.

Será que essa nova versão cairia bem no mercado brasileiro para substituir a famosa naked CB 1000R que parou de ser fabricada em 2015 e ainda teve algumas versões vendidas em 2016?

HondaCB1000R-2008-01

Breve história da linha Honda CB1000R

A CB1000R é uma motocicleta que faz parte da CB Séries Honda e foi revelada durante o Salão de Milão em novembro de 2007 (foto acima) chegando para substituir a CB900F Hornet, também conhecida como Honda 919 nos EUA.

Já a CB 900F foi uma motocicleta fabricada em dois períodos diferentes. Primeiro ela foi produzida de 1979 a 1983 e a sua segunda geração foi lançada em 2002 e foi fabricada até meados de 2007. Em nosso canal (inscreva-se) temos um vídeo com seus detalhes, assista.

E vale lembrar que a CB1000R teve seu design roubado inspirado na sua irmã menor, a famosa CB600F Hornet 2007, além de pegar emprestado o motor da CBR1000RR da época.

Honda-CB1000R-2018-Ful-04

Nova CB1000R NSC 2018 Design

Já a versão 2018 da CB1000R foi exibida primeiramente no Motor Tokyo Show sendo um conceito e, como vocês podem ver nas imagens, ela veio com visual totalmente diferente e cheio de estilo. Algo que o público não esperava para uma naked histórica como essa.

Comparando o visual da versão anterior com a nova nem parece ser o mesmo modelo. E realmente não é! Enquanto a antiga tinha seu apelo de Naked Streetfighter a nova passa a ser uma Café Racer neoclássica.

Nessa nova versão temos menos plásticos e mais aço. A Honda afirma que são apenas seis peças exteriores que são de plástico, sendo a maior delas o para-lamas.

Honda-CB1000R-2018-Ful-02

Linhas elegantes, com um traçado sofisticado e moderno, mas ao mesmo tempo nu e vintage, e um farol de LED em forma de ferradura reforçam as influências do estilo Café Racer.

Já seu radiador é de alumínio escovado, assim como a caixa de ar, enquanto as caixas do motor, cabeça do cilindro e o cubo do pinhão são todos usinados.

Ela se diferencia muito de suas concorrentes nakeds na mesma faixa de cilindradas.

Honda-CB1000R-2018-15

CB1000R 2018 Motor

E como bate o coração dessa máquina? Bem, o motor dela é o mesmo quatro cilindros de 998cc da CBR1000RR Fireblade, confirmando que embaixo desse visual Café Racer neoclássico nós temos uma típica Streetfighter (modelo naked derivado de esportivas).

Em comparação com a versão anterior, a potência da nova CB 1000R passou de 123cv a 10.000RPM para 145cv a 10.500RPM, já o torque subiu para 10,4kgf.m aos 8250 giros. Esses números foram alcançados graças a uso do mesmo motor da versão esportiva Fireblade.

O aumento de desempenho, aliado aos 12kg a menos no peso total da máquina, fazem com ela tenha uma melhora de 16% na relação peso/potência.

Honda-CB1000R-2018-13

Segundo informações, por conta do torque superior em 5% na faixa de médias rotações, e a engrenagem 4% menor, a versão naked acelera mais rápido que a Fireblade. Nas três primeiras marchas, até 80mph, ela deixa a Supersport para trás.

O escapamento da novidade, com sistema 4-2-1, também foi projetado recentemente e promete melhor proveito de sua potência em médias, emitindo seu ronco diferenciado e bruto logo acima das 5500 rotações.

Honda-CB1000R-2018-16

Características e Eletrônica da nova CB 1000R 2018

Na parte tecnológica a nova naked neoclássica da Honda traz três modos de pilotagem pré-definidos (Standard, Rain e Sport), onde cada uma pode ser usado para ajustar os níveis de potência e controle de tração, além de um modo personalizável chamado “User”.

O modo Rain reduz a potência, faz uso do freio motor de maneira moderada e tem alto controle eletrônico no torque. Já o modo Sport libera toda a potência e tem baixa influência no torque e freio motor. O modo Standard atua de forma mediana nos três quesitos.

Honda-CB1000R-2018-02

Na parte ciclística a distância entre eixos ficou 10mm maior, passando a 1455mm, mas o braço oscilante ficou menor, com 574,2mm. O assento também ficou mais alto, passando a ter 830mm.

Os freios são com disco duplo de 310mm e pinças dupla de quatro pistões na dianteira, enquanto que na traseira é por disco de 256mm com pistão duplo.

Já nas suspensões, a dianteira é invertida da Showa com sistema SSF-BP, de funções separadas por garfo, enquanto que na traseira a suspensão Showa BRFC (Balance Free Rear Cushion) totalmente ajustável.

Honda-CB1000R-2018-12

Versões e preço da nova CB1000R 2018

A nova naked de 1000cc da Honda virá em duas versões, onde a primeira, a CB 1000R 2018, traz tudo que foi descrito acima.

Já a versão mais completa, chamada de CB 1000R +, virá com: manoplas aquecidas, painel do para-lamas dianteiro e traseiro em alumínio, capa de assento monoposto com inserções de alumínio, grade de radiador com logotipo CB1000R, e Quickshifter.

Na Europa o preço da CB 1000R 2018 é de £ 11.229 (libras), enquanto que a versão mais completa não sairá por menos de £ 12.299. Em conversão direta para cotação atual do Real esses valores ficam na casa dos R$50mil para a primeira e R$55mil para a segunda.

Honda-CB1000R-2018-08-preta

A CB1000R vendida no Brasil em sua última versão, a 2016, era comercializada na faixa de R$45mil a R$50mil.  Atualmente, a sua versão esportiva, Fireblade SP (Special Edition), é vendida por aqui pelo preço de R$79.900,00.

Será que a nova CB1000R NSC 2018 se daria bem em nosso mercado? Há dois pontos para serem observados nessa situação:

O primeiro é a aceitação do novo design. O público brasileiro, bem acostumado com a família Hornet e outros modelos do nicho, está preparado para receber uma naked com essa pegada Café Racer moderna? E o segundo é o valor. Quanto custará a nova naked de 1000cc da Honda no Brasil?



Deixe uma resposta