Home » Abaixo de 599cc » Comparação XRE 300 e Yamaha 250 Ténéré 2016

Comparação XRE 300 e Yamaha 250 Ténéré 2016


07 abr 2016 7 Comentários

Comparação entre a Honda XRE 300 e a Yamaha 250 Ténéré. Qual delas você acha melhor? Quem tem melhor desempenho? E o que você acha que pode ser melhorado em cada uma delas? Nesse artigo falaremos do preço, motor e autonomia de cada uma delas. Esse texto é baseado no vídeo publicado no canal Motorede (clique aqui) do YouTube.

Comparação XRE 300 e 250 Ténéré 2016

Comparação XRE 300 vs 250 Ténéré

Dois modelos muito conhecidos do público brasileiro são a XRE 300 e a Ténéré 250, que sempre travaram uma batalha entre si desde os seus lançamentos. A moto da Honda abusa da fama da sua fabricante e se abraça a isso pra alcançar cada vez mais pilotos. Já o modelo da Yamaha usa de seus atributos pra convencer novos clientes a encarar longas viagens com conforto e grande autonomia.

Comparação XRE 300 e 250 Ténéré 2016

Comparação XRE 300 vs 250 Ténéré: Motor

Começando o comparativo básico pelo motor da XRE 300 e da 250 Ténéré. A primeira equipa um monocilíndrico DOHC, 4 tempos, arrefecido a ar, com 291,6cc que é capaz de gerar a potência máxima de 25,4cv a 7.500RPM e torque de 2,76kgf.m a 6.000RPM.

Já a 250 Ténéré vem com motor também monocilíndrico, porém, SOHC, 4 tempos, com 249,4cc que é capaz de gerar a potência máxima de 20,7cv a 8.000RPM e torque de 2,09kgf.m a 6.500RPM.

Comparação XRE 300 e 250 Ténéré 2016

Vale lembrar que esses dados de potência e torque de ambas são quando abastecidas com gasolina. Ao serem abastecidas com etanol, ambas passam a ter um leve aumento na potência e torque.

Em testes especializados foi mostrado que na prática a XRE 300 se saiu melhor tanto na sua velocidade máxima quanto em retomadas, porém, essa superioridade só é notada em casos extremos, quando é preciso praticamente esgoelar a moto. Nas demais situações, rodando normalmente no ritmo do dia a dia, essas diferenças quase não são percebidas. Elas se tornam muito parecidas.

Comparação XRE 300 e 250 Ténéré 2016

Comparação XRE 300 vs Ténéré: Autonomia

Ainda segundo os testes, rodando com os dois modelos num misto de estrada/cidade quem sai ganhando dessa vez é a 250 Ténéré, que fez média de 30km/l. Já a XRE 300 ficou próximo da média de 27,5km/l de combustível.

Essas médias aumentam ainda mais a vantagem da Ténéré no quesito autonomia, pois a moto da Yamaha tem tanque com capacidade para 16 litros, permitindo com que ela rode mais de 400 km com apenas um abastecimento. Já a moto da Honda tem tanque para 13,6 litros, que, associado a sua média de consumo menor, é capaz de rodar pouco mais de 300km com um tanque.

Autonomia

Honda XRE 300: aprox. 27,5km/l
Com tanque de 13,6 litros

Yamaha 250 Ténéré: aprox. 30km/l
Com tanque de 16 litros

Comparação XRE 300 e 250 Ténéré 2016

Comparação XRE 300 vs Ténéré: Preço

No preço as duas motos tem quase o mesmo valor. Sendo mais barata, a 250 Ténéré parte de R$15.490, enquanto que a XRE 300 sai por R$15.560 em sua versão inicial. A diferença no preço entre elas é mínima.

Esses valores são sugeridos nos sites de cada fabricante e geralmente não incluem alguns encargos ou frete, podendo sofrer variação de acordo com a região. Outro detalhe é que a Honda oferece uma versão com C-ABS da XRE 300 que custa R$17.750.

Comparação XRE 300 vs Ténéré:  Conclusão

Essas são duas motos feitas para brigarem eternamente entre si. Elas dividem o mesmo público e ao que parece escolher entre uma e outra é mais uma opção pessoal do que somente características técnicas.

A XRE 300 tem uma pegada de superioridade e potência e parece estar mais direcionada para quem gosta disso. Para quem quer um maior desempenho.

Já a Ténéré 250 se mostra mais econômica e confortável para longas viagens, o que garante para ela um peso maior na escolha já que ela também é pouca coisa mais barata. Qual você escolhe? Comenta aí embaixo pra gente.



7 Comentários para "Comparação XRE 300 e Yamaha 250 Ténéré 2016"

  1. Quem realmente e motociclista sente uma diferença gigante entre as motos, a tenere e muito superior a xre, o conforto, segurança, desempenho em estradas de terra, viagens longas, pouca manutenção, consumo muito baixo, moto realmente guerreira, podem usar a moto sem medo.

  2. Comprei uma bicuda 2017 topp a moto já fiz uma viagem de 4 mil kms com ela tanque de guerra problemas do motor ficaram nas 2015 paratras…Ténéré e boa tbm mas dá vazamento na junta do cilindro enferruja roda quebra cubo e por se vai cada uma tem suas vantagens a Ténéré e bem mais econômica mas falta motor na bixinha…bicuda é 3 anos de garantia

  3. sempre tive Honda quando tomei a decisão de comprar uma tenere pensei no custo e benefícios , seguro mais barato, preço e também mesnos visada pelos manos, comprei ok em 2012 não troco mais de marca.

  4. Adoro as duas motos, toda XRE tem vazamento de óleo no cabeçote, fique um longo período sem lavar a moto e vc vai constatar, Tenere com seus freios borrachudos e aros de ferro e pneu dianteiro parecendo de bicicleta. Lançam novas versões e com problemas antigos…

  5. Esses dias passeis numa concessionária Yamaha na Av. Marechal Floriano em Curitiba, pra conhecer a Tenere 2016, a moto é bem bonita, mas achei o painel muito mal feito, fios aparecendo e o pneu da frente muitíssimo fino pelo tamanho da moto…….Alem de ser mal atendido por um funcionário idiota.

  6. XRE300 tenho uma 2011 não tem pra niguem a moto e excelente muito boa, ate acho o que todos dizem e lenda.

  7. Apesar dos problemas de cabeçote, na minha opinião, não dá pra negar que a XRE300 é um pouco superior à Ténéré 250.

Deixe uma resposta