KTM apresenta RC 125, RC 200 e RC 390, modelos vindos das pistas para rua e afirma voltar ao Brasil

RC 390

A KTM chegou a anunciar em 2011 que, em parceria com uma empresa brasileira, iria produzir seus modelos em Manaus. A parceria não deu certo. E, pelo que aparenta, de tão errada que essa negociação deu a empresa chegou até mesmo a fechar suas lojas no Brasil em 2012. Porém, essa história vai mudar! É o que afirmou o diretor comercial da KTM, Hubert Trunkenpolz, durante o lançamento dos modelos RC 125, RC 200 e RC 390 no Salão de Milão, que aconteceu no final de outubro.

Advertisement

Hubert afirmou que está “procurando um novo parceiro para viabilizar a operação no Brasil” e que estaria no país nas próximas semanas para solucionar esta situação. Bom, estamos ansiosos que essa situação se resolva logo pois adoraríamos ter motocicletas da KTM disponíveis em nosso mercado. Melhor ainda se os modelos fossem produzidos no Brasil e as novidades da linha RC desembarcassem junto por aqui.

RC 390
KTM RC 390 2014

Falando das motocicletas apresentadas no Salão de Milão, a RC 125, RC 200 e RC 390 são pequenas esportivas que vieram direto das pistas para as ruas. Elas utilizam como base toda a linha de competições Duke da KTM (Duke 125, Duke 200 e Duke 390). Porém, segundo o comunicado oficial da KTM sobre a linha RC as semelhanças entre os modelos ficam totalmente atreladas até o quadro de ambas. Acima disso encontramos mudanças como carenagens e posições ergonômicas para que jovens pilotos possam desfrutar de um modelo de corrida feito para andar nas ruas.

A KTM afirma que parece como se as novidades tivessem escapado do Pit Lane do MotoGP em linha reta e viessem parar nas ruas. O principal enfoque durante o desenvolvimento foi para construir modelos atraentes, com alta qualidade esportiva que pudessem transmitir emoção com seus conceitos de corrida. Para completar, a KTM se concentrou em um design atraente, características de ponta, desempenho agressivo, com grande confiabilidade e fácil manutenção. Ou seja, transformou modelos de corrida em motos comuns, mas sem perder a esportividade.

RC 200
KTM RC 200 2014

Não há ainda muitas informações sobre as especificações técnicas dos modelos mas como elas usam as Dukes como base, não deverá existir grandes diferenças. Seus motores serão todos monocilíndricos. Na versão RC 125 o motor produzirá potência máxima de até 35cv, já na RC 200 essa potência vai até 26cv e terminando com potência máxima de 44cv para a RC 390.

Fotos oficiais das KTM RC 125, RC 200 e RC 390

Advertisement



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *