Home » Eventos » Maior encontro de trilheiros do mundo: Super Bananalama

Maior encontro de trilheiros do mundo: Super Bananalama


09 jul 2018 0 Comentários

Registrado no Guiness Book como o maior encontro de trilheiros do mundo, o Super Bananalama reuniu mais de 3000 inscritos em sua edição 2018, que aconteceu entre os dias 05 e 08 de julho.

A 12ª edição do evento foi considerada um sucesso ao ter a presença de 2796 motocicletas e 302 quadriciclos/UTV’s, totalizando 3098 participantes que enfrentaram muito Off-Road e adrenalina em Corupá, Santa Catarina.

Ao todo foram quatro dias de diversas atrações e atividades para pilotos e apaixonados pelo mundo Off-Road. Shows de manobras e motocross freestyle animavam o público durante os dias do evento, além da área para exposição que contava com marcas e produtos relacionados ao segmento.

Maior Encontro de Trilheiros do Mundo

Super Bananalama 2018

O grande momento do evento foi a esperada chegada da trilha. Os pilotos percorreram cerca de 60 quilômetros por paisagens típicas da região que são famosas pelos bananais. Daí o nome do evento.

O Super Bananalama, um oferecimento da Honda, ainda contou com o sorteio de dez motocicletas CRF 230F aos inscritos.

Maior Encontro de Trilheiros do Mundo

O espaço exclusivo com os produtos Honda e a carreta oficial da fábrica viraram ponto de encontro dos visitantes. A equipe Honda Racing esteve presente no evento e deu atenção exclusiva aos trilheiros.

Por lá, os pilotos de Motocross da Honda Racing participaram de um bate-papo informal com os trilheiros e trocaram experiências, passando dicas de pilotagem Off-Road. Os chefes de equipe também estavam por lá compartilhando informações com os pilotos.

Super Banalama 2018

Os pilotos ainda encararam a trilha do Super Bananalama – oferecimento Honda pela primeira vez, todos com a CRF 230F.

Maior Encontro de Trilheiros do Mundo

“Foi muito divertido, uma adrenalina impressionante”, relatou Bissinho. “A trilha tem bananais e bastante lama, o que faz jus ao nome do evento. Cheguei totalmente coberto de barro e muito feliz, espero voltar no ano que vem”, continuou. A grande maioria dos trilheiros acelerou o mesmo modelo de motocicleta de Bissinho.

“Nas provas de rali, eu já andei em todos os tipos de situações – frio, areia, chão duro, pedra e calor. A CRF 230F mostrou a sua qualidade nas condições mais adversas. Para um evento como o Super Bananalama, a moto é simplesmente perfeita. Não é à toa que a maioria do pessoal estava com o mesmo modelo na trilha”, contou Bissinho.

Acostumado a acelerar a Honda CRF 450R nas provas de motocross, o equatoriano Jetro Salazar ficou impressionado com a quantidade de motocicletas presentes. “O evento é gigante e muito bem organizado. A trilha foi muito divertida e pilotar a CRF 230F, uma experiência sensacional. A moto é leve, tem torque e tornou o off-road acessível para muita gente”, concluiu Salazar.

Fotos: Idário Café / Café Fotos / Mundo Press

Maior Encontro de Trilheiros do Mundo Super Banalama 2018



Deixe uma resposta