Nova Honda ADV 350 cairia bem no Brasil?

Honda lança nova ADV 350! Modelo cairia bem no Brasil? Vamos ver todos os detalhes desse lançamento Honda para 2022.

A Honda lançou o ADV 350 aproveitando a ocasião do Salão de Motos de Milão (EICMA), que é realizado neste mês de novembro. Lá, a marca japonesa está apresentando uma série de lançamentos para o mercado europeu e não poderia faltar essa que é a terceira integrante da família de scooters aventureiras da fabricante.

Advertisement

O modelo chega depois do X-ADV 750, que foi apresentado ainda em 2016, assim como também após o ADV 150, lançado no Brasil no final do ano passado, em 2020.

Agora, a Honda passa então a contar com uma opção intermediária nessa categoria, entre os dois modelos citados, com a ADV 350 2022. A novidade seria uma boa para o nosso país também? Confira!

Nova Honda ADV 350

A Honda ADV 350 tem a mesma base do scooter Forza 350. No entanto, no aspecto visual, a novidade conta com uma linguagem alinhada a família Adventure da marca, como sua irmã maior, a X- ADV.

Em seu design é possível notar um escudo menor e mais elevado na dianteira. Além disso, mesmo que com traços da 750, a silhueta mais robusta em comparação a Forza 350 mostra que a opção também prima pelo conforto. Outro ponto é que mesmo com os faróis duplos e afilados na dianteira, os contornos do banco entregam sua descendência vinda do Forza. Trata-se de um modelo de Scooter Adventure, mas com proposta alinhada a um uso no dia a dia.

Fechando o pacote estético, a novidade chega disponível em três cores: Mat Carnelian Red Metallic (vermelho metálico), Spangle Silver Metallic (prata) e Mat Carbonium Gray Metallic (cinza fosco).

  • Entre no grupo do Motorede no Telegram, saiba tudo em primeira mão e interaja diretamente: t.me/Motorede

Honda ADV 350 motor

Como não poderia ser diferente, a nova ADV 350 está equipada com o mesmo motor da Forza 350, uma vez que deriva da base já mencionada. Vemos então o monocilíndrico de 330 cm³ de capacidade, arrefecido a líquido e com comando simples no cabeçote.

Esse conjunto é capaz de entregar potência máxima de 29,2 cv a 7.500 rpm e torque máximo de 3,2 kgfm a 5.250 rpm. O câmbio é automático do tipo CVT.

A Honda ainda enfatiza a promessa de que o modelo tem consumo de até 30 km/l, com seu tanque com capacidade para 11,7 litros. Por ser um projeto europeu, o scooter roda apenas com gasolina, sem a conhecida tecnologia bicombustível dos brasileiros para a opção do etanol ou gasolina.

Mais do que um visual ADV

O Honda ADV 350 tem mais que apenas um apelo visual e de marketing ligado ao lado Adventure. O modelo recebeu realmente um diferencial para a linha aventureira de scooters, que é a suspensão e a ciclística.

Dito isso, vemos que ambas as suspensões são fornecidas pela reconhecida marca Showa. Na frente temos o garfo invertido de 125 mm de curso, enquanto que na traseira o modelo traz dois amortecedores com reservatórios remotos e 130 mm de curso.

A roda dianteira tem 15 polegadas e a traseira 14 polegadas, calçadas com pneus de medidas 120/70 e 140/70, respectivamente. O peso em ordem de marcha é de 186 kg e para segura o conjunto estão os discos de freio em ambas as rodas, com 256 mm à frente e 240 mm atrás, dotados de sistema ABS.

Os itens de série incluem ainda rodas de liga-leve, iluminação completa em LED e painel de instrumentos digital com computador de bordo, além da conectividade via Bluetooth. A prática tomada USB também está presente.

Como não poderia ser diferente em um scooter, o espaço sob o assento é característica garantida. Para a nova ADV 350 esse espaço tem 48 litros e é capaz de acomodar dois capacetes, o que acaba agradando bastante.

Nova ADV 350 no Brasil?

A Honda ainda faz mistério quanto ao preço do novo ADV 350, que deve chegar em breve na Europa, já na linha 2022. Se o modelo vai ser disponibilizado no Brasil ainda não existem informações, porém, sua base – o Forza 350 – já está entre os lançamentos cotados para o país desde o último Salão Duas Rodas, em 2019.

Sendo assim, o modelo Adventure já é muito aguardado por aqui e poderia ser uma variante disponível em nosso mercado, sendo beneficiado pelo compartilhamento de peças com a, finalmente, chegada do Forza 350.

Entre os aspectos que justificariam o ADV 350 no Brasil está justamente o seu conjunto de suspensões diferenciadas, um boa pedida para encarar as ruas e obstáculos por aqui. No entanto, fica a ressalva quanto ao preço, que poderia ficar elevado frente ao Forza. Vamos aguardar.

E aí, o novo Honda ADV 350 cairia bem no Brasil?

Advertisement

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários