Nova Scooter Elétrica da Yamaha E01 já está nas ruas

Nova Scooter Elétrica da Yamaha E01 ganha as ruas para testes finais antes de chegar ao mercado mundial. O scooter elétrico da Yamaha seria uma boa no Brasil? Veja aqui!

A Yamaha já se prepara para entrar no mundo das “e-Bikes” com sua nova scooter elétrica E01. Ainda em 2019 a marca japonesa já havia apresentado dois scooters que dispensavam o uso de gasolina, no Tokyo Auto Show.

Advertisement

Desde então, um dos modelos conceituais na época seguiu seu desenvolvimento e se tornou a Yamaha E01, um modelo que tem tamanho semelhante ao nosso conhecido XMax, à venda no Brasil.

Em dezembro passado, ocorreu uma sessão de testes com esse scooter elétrico no Japão e a imprensa pôde conferir o que está sendo feito. Dali surgiram as primeiras imagens do modelo, que pode entrar em produção em breve.

Scooter Elétrico da Yamaha E01

Até o momento, a Yamaha ainda não revelou as especificações técnicas do motor elétrico que deve mover o novo scooter, no entanto, o que se sabe é que o método de carregamento da bateria será compatível com qualquer plugue. Apesar disso, em princípio, as baterias não serão removíveis ou intercambiáveis, o que facilitaria sua utilização.

Ainda falando sobre a bateria, é possível estimar que ela seja de capacidade próxima a de suas rivais de nicho. Uma boa concorrente é a CE-04, scooter elétrica da BMW, que promete cerca de 130 quilômetros de rodagem ininterrupta.

Com isso, a scooter da Yamaha deveria atingir uma marca semelhante, porém, durante o teste aberto da E01, o painel de instrumentos indicava uma distância de autonomia restante de 70 km, com a barra indicadora de carga da bateria quase cheia, o que nos leva a crer que a capacidade total do modelo seja em torno de 100 km aproximadamente. Ficando assim um pouco abaixo da CE-04.

  • Quer ver vídeos sensacionais sobre motos? Acesse o canal Motorede no: youtube.com/Motorede
  • Compre pneus com desconto na PneuStore usando cupom SEKU7 (para motos) e SEKU5 (para carros e outros), clique e aproveite: Pneu com Desconto

Scooter E01 não foi totalmente revelado

De qualquer forma, os dados definitivos sobre a nova scooter E01 da Yamaha ainda são mistério, assim como o próprio nome, que poderá ser alterado no lançamento.

O visual, camuflado pelos típicos adesivos geométricos, também esconde sua cara definitiva. Durante o teste, o modelo foi exposto sem preocupações, mas seguiu fielmente as linhas vistas no protótipo futurista que havia sido apresentado anteriormente.

Como mencionado, o scooter elétrico tem dimensões semelhantes ao XMax. No entanto, a novidade é um pouco menor, sendo estimado com 1960 mm de comprimento e 810 mm de largura. Seria então uma opção prática para rodar na cidade durante o dia a dia.

Scooter elétrico no mercado

Segundo o presidente da Yamaha, Yoshihiro Hidaka, a fábrica deu a mais alta prioridade à introdução do scooter no mercado europeu. Além disso, o novo modelo elétrico teria uma expansão de vendas gradual para o Japão, Estados Unidos e China.

Com isso, percebe-se que a marca pode lançar sua primeira ‘motocicleta’ elétrica ainda em 2022. Na Europa e no Japão, o modelo ainda pode ser utilizado para a experiência de aluguel mensal, em uma outra forma de comercialização.

Mas o scooter elétrico da Yamaha vai ainda mais longe. A fabricante também pode vir a colocar a elétrica em grandes mercados, em países como o Taiwan, Tailândia, Malásia e Indonésia. Com essa informação, por que não cogitar como seria o lançamento da Yamaha E01 no Brasil.

Por aqui seria uma opção para apresentar a nova tecnologia ao mercado, onde já temos algumas scooters elétricos de outras marcas rodando e angariando fãs de sua economia.

Praticidade, design convencional e dimensões compactas trariam pontos já conhecidos e positivos para o modelo.

Em nosso mercado esses atributos, aliados ao grande prestígio de uma marca como a Yamaha, poderiam agradar o público e garantir boas vendas. Gostariam de ver o Yamaha E01 no Brasil?

Advertisement

Se inscrever
Notificar de
guest
2 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
Paulo César
Paulo César
3 meses atrás

Seria uma ótima opção, compraria uma de imediato… porém, a YAMAHA ao que parece, não acredita no mercado brasileiro, pois demora muito ou até mesmo, nem trazem todos os modelos da marca para cá… o que é revoltante!!!!!

Augusto
Augusto
3 meses atrás

Que venha para o Brasil. Não dá mais pra ter um veículo a gasolina por aqui com esses preços absurdos.