Quando fazer a troca de pneus em sua moto?

Itens fundamentais nas motos, os pneus devem estar sempre “em dia” com o quesito desgaste. Um pneu com sulcos pouco profundos, ou no popular, um pneu “careca”, pode causar graves acidentes, usando como exemplo uma pista molhada, pois o mesmo apresenta pouca drenagem de água nos pneus.

Advertisement

 

Pneu careca dá multa, você sabia? É isso ai, segundo a lei de trânsito brasileira, pneus com sulcos de profundidade menores a 1,0mm, em qualquer ponto do pneu, gera uma multa e perda de pontos na carteira de habilitação.

Para sua segurança você deve sempre manter seus pneus calibrados. A calibração é adequada conforme a utilização da sua moto, no próprio manual da moto você tem instruções de como calibrar o pneu para um ou para dois passageiros. Existe também uma calibração específica para motos de Trilha (Off-road), onde a calibração deve ser bem baixa. Outra calibração é a utilizada para longas viagens em rodovias asfaltadas onde a calibragem deve ser alta para poupar esforço do motor, dando maior velocidade e autonomia no combustível.

Então, quando saber que seu pneu está careca? Existem diversas maneiras!

A melhor maneira de verificar se os pneus de sua moto estão desgastados é verificando o TWI. Mas que diabos é o TWI?

TWI, da sigla Tread Wear Indicator que significa Indicador de Desgaste da Banda de Rodagem, é encontrado em todos os pneus fabricados para veículos. Ele nada mais é do que um filete transversal aos sulcos em algumas partes do pneu. Quando o pneu é novo o TWI tem uma altura diferenciada da banda de rodagem, ele é menor que a banda, conforme você roda com os pneus causando o desgaste o TWI vai ficando nivelado a altura do pneu, quando o TWI estiver bem próximo de ficar a mesma altura, significa que o seu pneu chegou ao limite de segurança permitido e você deve troca-los o quanto antes.

Existe a possibilidade para troca de pneus, de se basear na quilometragem rodada, mas essa possibilidade é muito variável ao tipo de pneu, moto e motociclista, pois depende muito da potência do motor, da forma como o piloto faz a arrancada, como freia, como faz curvas e a qual velocidade anda, quanto mais rápido andar, mais desgaste irá existir.

Esta dicas estão vinculadas a pneus que não apresentam nenhum tipo de problema além do desgaste normal de uso. Se o seu pneu estiver com desgastes irregulares, bolhas, defeitos, cortes ou rachaduras você deve trocá-lo imediatamente, mesmo que o desgaste do pneu não tenha chego a altura mínima.

Gostou? Então compartilhe com seus amigos!

Advertisement



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *