Home » Abaixo de 599cc » Honda Rebel 500 cairia bem no Brasil?

Honda Rebel 500 cairia bem no Brasil?


20 fev 2018 11 Comentários

A Rebel 500 é uma motocicleta com estilo Bobber da Honda que foi lançada recentemente, tem uma pegada cheia de personalidade e, o melhor de tudo, esteve por aqui no Salão Duas Rodas 2017. (assista ao vídeo no final deste artigo)

No mercado norte-americano, onde foi lançada primeiro, ela é chamada somente de Rebel 500 e é acompanhada de uma versão de 300cc. Já na Europa, onde ela foi lançada um pouco depois, é chamada de CMX500 Rebel, demonstrando sua origem pelo nome.

O modelo foi criado para ser a motocicleta de entrada da Honda para alguns clientes da marca e tem chamado muita atenção por conta do seu estilo simples e puro, comuns de uma típica primeira moto. Uma moto que poderia cair muito bem em nosso mercado.

honda-rebel-500-2018-27

A Honda chega a tratar ela como um “papel em branco” no quesito personalização e customização, mas a versão original exibida no Salão mostrava toda personalidade e estilo da pequena custom sem nem precisar de alterações.

Neste artigo falaremos sobre a origem dessa motocicleta, seu design, especificações técnicas e também seu preço no mercado internacional.

honda-cmx-250-rebel

A origem da Rebel 500

A Rebel 500, ou também chamada de CMX500 Rebel, é derivada da CMX250 (foto acima), uma motocicleta do estilo Cruiser que começou a ser fabricada pela Honda em 1985.

Ela faz parte da CM/CMX Séries da fabricante, que numa tradução livre significa algo como Motocicletas de Estilo Cruiser, e que no início dos anos 80 começou a ser usada até pelo Departamento de Polícia de Washington, nos EUA, substituindo scooters Vespa que equipavam o departamento.

honda-cmx-250-rebel-policia

Curiosidade: Em meados dos anos 2000 o MPD, como era chamado o departamento de polícia, começou a substituir as Rebels por nada mais nada menos que algumas Harley-Davidsons 883 Sportster. Imaginem uma troca bem justa, Rebels por Sportsters 883 da HD.

honda-rebel-500-2018-04

No visual a nova Rebel 500 2018 não manteve as linhas mais clássicas como era vista na CMX250, até bem parecidas com a nossa saudosa Honda Shadow. Na verdade a nova versão tem uma proposta de design bem diferente, mais focada no estilo Bobber e minimalista.

No modelo apresentado durante o Salão Duas Rodas o que vimos foi uma moto com linhas que parecem cair muito bem em nosso mercado. A grande quantidade de curiosos de olho nos detalhes dessa custom de 500cc confirma que ela teria certo espaço no mercado.

Em comunicado, a Honda destaca o característico estilo Bobber dela com seus pneus largos e design minimalista, onde cada parte chama a atenção mas nenhuma predomina sobre a outra.

honda-rebel-500-2018-17 Tanque Combustível

O que mais me chamou atenção nela foi o tanque de combustível inclinado, com formato diferenciado e modero, a ignição que fica embaixo do tanque, o clássico farol redondo que mostra a identidade da moto e seu painel de instrumentos, que dividiu opiniões.

honda-rebel-500-2018-13 Painel

Esse painel é totalmente minimalista, contando apenas com uma barra retangular de LCD negativo com cerca de 100m no centro de uma peça redonda. As opiniões sobre o estilo ficaram divididas, mas ele se alinha perfeitamente com a proposta minimalista da moto.

honda-rebel-500-2018-14

Outros detalhes que também se destacam no modelo são os pneus largos e o assento do estilo monoposto, que confirmam o sangue de uma Bobber. Vale lembrar que na versão apresentada aqui no Brasil ela estava equipada com assento para o garupa, algo que na versão americana é um acessório adicional.

honda-rebel-500-2018-10 Motor

Motor da Honda Rebel 500 2018

Mas e o “coração” dessa máquina, será que bate bem? O motor que empurra a nova Rebel é o mesmo bicilíndrico de toda a já conhecida família 500cc da Honda.

A diferença é que esse motor, e a injeção PGM-FI, foram ajustados pra dar um caráter totalmente diferente, onde a reposta é melhorada desde as rotações mais baixas entregando os 4,3 quilos de torque já aos 6mil giros. A potência ficou levemente menor, chegando aos 45 cavalos a 8500 RPM.

Segundo testes especializados feitos com ela nos EUA, seu motor entrega uma boa resposta de aceleração, mantendo facilmente uma velocidade de cruzeiro de 120km/h com seu câmbio de 6 velocidades.

honda-rebel-500-2018-03

Sobre a ciclística, a posição de pilotagem da Rebel 500 é relaxada e deixa o piloto sentado no banco, de altura bem reduzida, com os braços estendidos, no melhor estilo de quem vai encarar a estrada para uma boa viagem.

Algo percebido durante o Salão foram alguns donos de motos custom comentando que ela poderia ter as pedaleiras um pouco mais avançadas, mais para frente, para deixar as pernas ainda mais relaxadas. Nada que não possa ser customizado depois com acessórios.

rebel-500-brasil-salao-duas-rodas-01

Aliás, durante os dias do Salão Duas Rodas uma equipe da Honda ficou responsável por apresentar os detalhes da Rebel e também por coletar informações do público, questionando o que gostaram e não gostaram no modelo.

Seria essa uma indicação de que Honda trará ela para o Brasil?

honda-rebel-500-2018-15

Honda Rebel 500 Preço

No mercado americano ela é vendia pelo preço sugerido de U$ 6.100,00 dólares, que em conversão direta para cotação atual daria algo em torno de R$ 20 mil reais.

Se formos seguir a linha das 500cc da Honda no Brasil, a nova Rebel 500 poderia aparecer por aqui com um valor aproximado de R$ 25 mil.

Esse modelo de motocicleta seria uma boa para o nosso mercado? Responda nos comentário abaixo!



11 Comentários para "Honda Rebel 500 cairia bem no Brasil?"

  1. Linda moto, que mandem já as duas versões para agradar a todos. Já estou separando um dinheiro pra ele. Manda ela pra cá logo Honda.

  2. to loco numa dessa!! vendo ate minha shadow 600cc por ela!! so esperando sair pra comprar

  3. Honda, devolvam a Shadow ao nosso mercado!

  4. Se vier em bom preço (até 25mil) vai ter uma lá na minha garagem! ;)

  5. Só esperando sair para comprar! Eu e um amigo estamos esperando ansiosos!!! Agora tem que ser a 500

  6. Eu compraria! Tenho uma CB 500F e amo.

  7. Legal, mas a Yamaha Bolt 900 é muito mais atraente, já que estamos falando de motos lá de fora.
    Gosto de motos choppers e bobbers mas, sinceramente, essa moto é muito feia.

Deixe uma resposta