Home » Abaixo de 599cc » Recall BMW G 310 R e 310 GS no Brasil

Recall BMW G 310 R e 310 GS no Brasil


24 jul 2018 0 Comentários

BMW do Brasil convoca as novas G 310 R e G 310 GS para o mesmo recall que aconteceu há alguns dias no mercado dos EUA. O problema está no tripé.

Os dois modelos, lançados recentemente no Brasil, apresentam um problema relacionado ao tripé/descanso lateral que pode apresentar falhas e se soltar, derrubando a motocicleta quando parada ou ficando pendurado quando piloto e garupa montam.

A chamada de recall no Brasil atinge as unidades brasileiras que foram produzidas de abril de 2017 a abril de 2018.

Recall BMW G 310 R e G 310 GS Brasil

Recall BWM G 310 R e G 310 GS

O comunicado oficial da BMW informa que “verificou-se que a região de fixação do descanso lateral, localizada do lado esquerdo do quadro da motocicleta, pode apresentar falhas”.

E continua dizendo que “em casos extremos, o suporte do descanso lateral pode se romper, ocasionando a queda repentina da motocicleta enquanto ela está parada, ou no momento em que o condutor ou garupa montam na motocicleta”.

Os seguintes números de chassis para modelos fabricados entre abril de 2017 e abril de 2018 deverão agendar o reparo: BMW G 310 R: chassi de R853502 até R854519; BMW G 310 GS de R854703 até R861659

BMW G 310 R tem valores de venda 3

Para facilitar, a BMW oferece um site especial para que os proprietários possam consultar se o seu modelo necessita do reparo, confira: www.bmw-motorrad.com.br/br/pt/recall/index.html

Outra forma é entrar em contato com o serviço de atendimento da BWM através do telefone 0800-019-7097, que atende de segunda à sexta das 08 às 18h.

O reparo deve demorar cerca de uma hora, não terá custo algum com a concessionária e os atendimentos às motos com o problema começam a partir de 20 de agosto.

Test-ride BMW G 310 GS Cor Vermelha

BMW G 310 GS e 310 R

Com preço sugerido de R$ 24.990,00 a BMW G 310 GS foi apresentada no último Salão Duas Rodas, onde podemos ver de perto os detalhes da pequena ‘aventureira’ que a BMW estava prometendo há algum tempo.

Chegando às lojas recentemente, esse é o período de colocar a novidade nas ruas e sentir seu motor monocilíndrico em ação, ouvir seu ronco e perceber o que ela tem de diferente da sua irmã naked, a G 310 R.

Tirando o estilo, uma Trail e outra Roadster, as duas possuem bastante coisas em comum, tanto na parte mecânica e técnica, quanto no pilotagem e estilo.

Test-ride BMW G 310 GS em Floripa

Diferente da naked de baixa cilindradas da BWM, que testamos em uma pista de kart (assista o vídeo), pilotamos a G 310 GS no trânsito da área continental da capital mais cheias de belas praias do país, Florianópolis, em Santa Catarina.

A pequena Trail se mostrou uma ótima opção para uso urbano. Sua posição de pilotagem, com guidão alto (bom para o corredor) e assento confortável, aliado as rápidas respostas do motor de 313 cc confirmam que sua “praia” realmente é o asfalto.

As rodas com aro de liga-leve reforçam o apelo da “Baby GS” pelo asfalto, mas seu visual deixa claro que podemos encarar a terra a qualquer momento. E uma prova disso é a opção de poder desligar o ABS, nas duas rodas, a qualquer momento.

Test-ride BMW G 310 GS em Floripa