Suzuki lança a naked streetfighter GSX-S1000 2015

Pouco mais de um mês após vazarem fotos da nova GSX-S1000 rodando nas ruas (leia aqui) a Suzuki lança oficialmente a sua streetfighter no Salão de Colônia, na Alemanha. A nova super naked veio acompanhada de mais duas irmãs de 1000cc, a esportiva GSX-R1000 e a Sport-touring GSX-S1000F.
O motor que equipa as três máquinas é o mesmo da GSX-R1000, de 2008, com 999cc, porém ele traz novas tecnologias e apresenta características diferentes de acordo com cada modelo da GSX. A novidade da Suzuki vem para entrar na briga das super nakeds de 1000cc e terá pela frente modelos como a BMW S 1000R ou a Kawasaki Z1000.

Suzuki GSX S1000 2015

Pouco mais de um mês após vazarem fotos da nova GSX-S1000 rodando nas ruas (leia aqui) a Suzuki lança oficialmente a sua streetfighter no Salão de Colônia, na Alemanha. A nova super naked veio acompanhada de mais duas irmãs de 1000cc, a esportiva GSX-R1000 e a Sport-touring GSX-S1000F.

Advertisement

O motor que equipa as três máquinas é o mesmo da GSX-R1000, de 2008, com 999cc, porém ele traz novas tecnologias e apresenta características diferentes de acordo com cada modelo da GSX. A novidade da Suzuki vem para entrar na briga das super nakeds de 1000cc e terá pela frente modelos como a BMW S 1000R ou a Kawasaki Z1000.

Suzuki GSX S1000 2015

Suzuki GSX-S1000 2015

Como mencionado, a GSX-S1000 2015 traz uma versão afinada do famoso motor da GSX-R, que é um quatro tempos, em linha, DOHC, com 999cc e refrigeração líquida. Os novos ajustes oferecem uma resposta de aceleração suave e imediata, porém com certo controle, para garantir uma experiência de adrenalina sem perder desempenho.

A super naked traz três modos para seu sistema de controle de tração: Modo 1 oferece o mínimo de intervenção para pilotagem esportiva; Modo 2 fornece uma quantidade equilibrada de controle de tração para uso dentro da cidade; Modo 3 fornece intervenção máxima para condições de condução em piso molhado.

Freios ABS, da Brembo, são itens de série e ajudam a segurar a potente máquina quando necessário. Basicamente o sistema ABS monitora a velocidade das rodas 50 vezes por rotação e combina essas informações com a ação do freio para a tração disponível. Os freios ABS da GSX-S1000 possuem um design leve e compacto, o que ajuda a tornar a moto ágil.

Suzuki GSX S1000 2015

Nova Suzuki GSX-S1000 revelada

O sistema de suspensão da nova GSX-S1000 é composto por um garfo de 43mm de cabeça para baixo KYB na dianteira e suspensão tipo link, totalmente ajustável, na traseira. A posição de pilotagem é totalmente esportiva mas traz um pouco mais de conforto para o piloto.

Em sua apresentação no Salão de Colônia um porta-voz da Suzuki disse: “A GSX-S1000 impressionou com um olhar selvagem, corajoso e agressivo. A forma geral é inspirada em um animal agachado, pronto para caçar. Como o cliente-alvo é o piloto acima dos 40, o designer pretendeu criar um toque de classe e estilo em seu design”.

O assento possui 815mm de altura e é classificado pela Suzuki como um dos mais baixos da categoria de super nakeds com 1000cc. Para completar, o tanque possui design com linhas afinadas para que seja mais fácil o encaixe das pernas do piloto, garantindo assim maior alcance ao chão.

A novidade vem equipada com um completo painel de LCD que traz velocímetro, tacômetro, hodômetro, medidores de viagem dupla, posição da marcha, refrigeração e temperatura ambiente, consumo médio, consumo instantâneo de combustível, controle de tração e relógio. A tela é ladeada por LEDs indicadores para os piscas, farol alto, ABS, controle de tração, temperatura do líquido de arrefecimento e pressão de óleo.

A nova Suzuki GSX-S1000 2015 está disponível nas cores: Azul (Metallic Triton Blue), Preto/Vermelho (Glass Sparkle Black/Candy Daring Red) e Cinza (Metallic Mat Fibroin Gray).

Suzuki GSX S1000 2015 Suzuki GSX S1000 2015 Suzuki GSX S1000 2015 Suzuki GSX S1000 2015 Suzuki GSX S1000 2015 Suzuki GSX S1000 2015 Suzuki GSX S1000 2015 Suzuki GSX S1000 2015

Advertisement



6 comentários em “Suzuki lança a naked streetfighter GSX-S1000 2015

  1. Até que em fim a Suzuki lançou uma naked decente,não pode demorar muito a vir para o Brasil,se não vai perder muito mercado para a nova Z 1000,que está matando a pau,porem com preço muito alto e com pouca eletronica,

  2. Chega logo essa moto poooooo….to curioso pra ver o preço e potencia.
    Acho que ficara em 48.000 e terá 148 cv.
    O que eu gostei é que a moto tem apenas a eletrônica “suficiente” sem exageros, com o ABS e controle de tração, muito bom….é só disso que preciso.
    Gostei mais da versão carenada com “F” no nome, que tem farol duplo que ilumina bem mais a noite e proteção contra o vento. Não curto muito tomar um tufão na cara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *