Home » Abaixo de 599cc » 10 motos mais vendidas janeiro de 2017

10 motos mais vendidas janeiro de 2017


11 fev 2017 6 Comentários

Depois de um ano de baixas, a produção de motocicletas voltou a crescer nesse início de ano. Veja a lista das 10 mais vendidas em janeiro de 2017!

Assim como outras categorias de veículos, como os caminhões e carros, as motocicletas apresentaram um crescimento nos números de produção para o mês de janeiro, segundo apurou a Abraciclo.

Segundo dados da associação, foram produzidas 81.646 motocicletas durante o mês de janeiro, valor que aponta crescimento de 7,5% com relação ao ano de 2016, segundo os dados divulgados ontem (08).

A alta tem sua motivação no encerramento das férias coletivas adotadas nas fábricas, o que fez com que os números aumentassem, criando contraste com o ano anterior e com dezembro de 2016, onde foram produzidas apenas 32.814 motocicletas.

Depois de um ano de baixas, a produção de motocicletas voltou a crescer em janeiro de 2017. Segundo a Abraciclo, o aumento foi de 7,5%. Confira os detalhes!

Vendas continuam em baixa

Apesar do crescimento do número de motocicletas produzidas em janeiro, as vendas no período continuam em baixa, sendo que a Abraciclo informou que foram comercializadas 67.136 motocicletas em janeiro deste ano.

Esse valor, que apresenta um número relativamente interessante para o mês, está 14,2% abaixo ao número de vendas realizadas durante o mesmo período no ano de 2016.

Depois de um ano de baixas, a produção de motocicletas voltou a crescer em janeiro de 2017. Segundo a Abraciclo, o aumento foi de 7,5%. Confira os detalhes!

Falta de crédito agrava baixa das vendas

Um dos fatores apontados pelos logistas e pela associação dos fabricantes para a baixa das vendas de motocicletas é o ritmo mais lento das comercializações e vendas, sendo que os consumidores têm encontrado maiores dificuldades para obter financiamento.

Com contraste à outros anos, os financiamentos para compra de motocicletas tiveram forte baixa, fazendo com que as concessionárias busquem formas de viabilizar os negócios, sendo que mesmo com 2 dias úteis a mais do que no ano passado, houve queda de 21,8% na média diária de venda de motocicletas, com 3.073 motos vendidas por dia.

10 Motos mais vendidas de 2017

As 10 mais vendidas de janeiro de 2017

A Abraciclo também divulgou informações a respeito das motocicletas mais vendidas no país no mês de janeiro de 2017. Os dados são da Fenabrave e mostram a Honda dominando as vendas no período, com 9 modelos entre os 10 mais vendidos. Confira:

Top 10 mais vendidas de janeiro de 2017

  1. Honda CG 160 – 18.148 Unidades
  2. Honda Biz – 8.897 Unidades
  3. Honda NXR 160 – 8.607 Unidades
  4. Honda Pop 110i – 6.394 Unidades
  5. Honda CG 125 – 2.635 Unidades
  6. Honda PCX 150 – 2.186 Unidades
  7. Honda CB Twister – 1.922 Unidades
  8. Honda XRE 300 – 1.484 Unidades
  9. Yamaha YBR 150 – 1.479 Unidades
  10. Honda XRE 190 – 1.372 Unidades

Honda CG 125i Cargo e Honda CG 160 Cargo chegam ao mercado 1

Vendas nacionais em queda, exportações em alta

Enquanto as vendas nacionais apresentaram queda, as vendas para fora do país seguem em alta, já que o valor do câmbio do dólar torna a exportação atrativa para as montadoras.

Durante o mês de janeiro, foram exportadas 5.769 unidades, o que representa alta de 72,9% com relação à janeiro de 2016.

honda-nxr-160-bros-2017-1-lancamentos-2017

novo-honda-pcx-150-2017-6-lancamentos-2017

Nova Honda CB Twister 2016 250



6 Comentários para "10 motos mais vendidas janeiro de 2017"

  1. A Honda vende mais porque tem muito muitas concessionárias que a Yamaha, segundo, a Yamaha não divulga seus produtos com o mesmo profissionalismo que a Honda.
    a Honda quando veio para o Brasil, ganhou 20 anos de exclusividade em motor 4 tempos. portanto, é normal a Honda ter esse domínio. já tive Lander, Fazer 250, Teneré 250 e agora uma xj6, são motos que não perde em nada para as motos Hondas. o brasileiro compra moto pensando em revenda, então fica complicado para as concorrentes da Honda ganhar espaço no Brasil.
    se as pessoas antes de comprar, procurasse um mecânico de confiança para ser orientado, acredito que a Yamaha iria ganhar mais de 40% do mercado, infelizmente as pessoas compram se baseando em propaganda, aí dá nisso. a Honda arrebentando.
    para finalizar, a Honda não é líder de vendas na Europa nem nos Estados Unidos. por que será?

  2. Como pode a Yamaha Fazer não estar nem entre as 10 mais? Uma excelente moto, durável e confiável

Deixe uma resposta