Confirmado: Motos KTM chegam ainda em 2014 e 390 Duke em abril de 2015

linha 2014 e 2015 KTM DAFRA no Brasil 02 RC8 R

KTM RC8 R

Já havíamos noticiado no mês passado sobre a confirmação da parceria entre a KTM e DAFRA para fabricação das motocicletas austríacas no Brasil através de sistema CKD (leia aqui). Divulgamos também as datas (final de 2014) e modelos (Off-Roads, 200 e 390 Duke) que estarão disponíveis nas lojas, mas agora temos a confirmação oficial: ao todo serão 14 modelos que desembarcarão no país a partir de dezembro.

Advertisement

Os primeiros modelos serão importados e tratam direto com o que há de melhor em 3 categorias distintas. A bigtrail 1190 Adventure, a esportiva RC8 R e a naked Super Duke 1290 R. Junto com elas, até o final do ano, a DAFRA começará a montar as Off-Roads da KTM em Manaus, garantindo assim um leque de opções ainda em 2014.

linha 2014 e 2015 KTM DAFRA no Brasil 02 RC8 R
KTM RC8 R

Não desmerecendo as Off-Roads, até porque essa é uma categoria conceituada pela KTM, mas alguns dos principais modelos (para o mercado brasileiro no geral) ficarão para o ano de 2015. Estamos falando de modelos como as nakeds de baixas e médias cilindradas 200 Duke e 390 Duke e da esportiva RC 390.

Linha KTM 2014/2015 em parceria com DAFRA

A primeira a ganhar às lojas será a naked 390 Duke, em abril. Na sequência quem chega às lojas da KTM/DAFRA é a 200 Duke, sendo vendida a partir do mês de maio. E pra fechar, em outubro de 2015 chega a esportiva RC 390.

Os valores de cada modelo ainda não foi divulgado, mas a marca austríaca especulou alguns valores que ficaram próximos, ou um pouco superiores, dos R$20mil para a 390 Duke (com ABS) e de R$14mil para a 200 Duke.

O diretor comercial da DAFRA, Sérgio Dias, disse: “O posicionamento de preço do modelo de entrada será um pouco superior ao de Fazer, CB e da própria Next” e “Com 26 cv ela é tão potente quanto uma 300, mas muito mais leve e equipada.” Se referindo a naked de entrada.

  • Entre no grupo do Motorede no Telegram, saiba tudo em primeira mão e interaja diretamente: t.me/Motorede
linha 2014 e 2015 KTM DAFRA no Brasil 04 Duke 200
KTM Duke 200

O diretor da KTM na América do Sul, Paulo Alegria, afirma que a KTM vem para estar entre as líderes de mercado no Brasil: “Queremos tornar a KTM uma marca forte no Brasil, como já é no resto do mundo”, e “Para isso vamos investir no esporte, que é nossa principal ferramenta de marketing, apoiando equipes na temporada 2015 e com times de fábrica no ano seguinte.”.

Ao que tudo indica a KTM vai ter sua própria equipe esportiva para disputar o circuito brasileiro.

linha 2014 e 2015 KTM DAFRA no Brasil 01 1190 Adventure
KTM 1190 Adventure
linha 2014 e 2015 KTM DAFRA no Brasil 03 Super Duke 1290
KTM Super Duke 1290
linha 2014 e 2015 KTM DAFRA no Brasil 05 Duke 390
KTM Duke 390
linha 2014 e 2015 KTM DAFRA no Brasil 06 RC 390 R
KTM RC 390 R

Advertisement

Se inscrever
Notificar de
guest
12 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
PPaulo
PPaulo
6 anos atrás

Como sempre ficamos para traz . La fora ja existe a Duke 250cc e falam de trazer a Duke 200cc . Por que ja ñ começam com a porra da 250cc ja desbancando A concorrência .

Critico
Critico
7 anos atrás

Serão bem vindas mesmo, precisamos de competitividade para ter-mos produtos melhores e preços acessíveis.

Cario Eduardo
Cario Eduardo
7 anos atrás

Lindissimas. Com certeza eu comprarei essa 390

Carlos Conde
Carlos Conde
7 anos atrás

Que sejam bem vindas e que vendam muito pra Honda e Yamaha tomarem vergonha na cara e trazer produtos decentes para nosso mercado.

Márcio Heleno de Oliveira
Márcio Heleno de Oliveira
7 anos atrás

vão pedir 25 mil na KTM 390. Custo X Beneficio horrivel

Carlos Conde
Carlos Conde
7 anos atrás

Prefere dar os mesmos 25 em uma cb500F???

Chico
Chico
7 anos atrás
Responder a  Carlos Conde

Boa, Carlos Conde!

Rafael Schulenburg
Rafael Schulenburg
6 anos atrás
Responder a  Carlos Conde

Vi ela pessoalmente e humilha a CB500, KTM é superior em absolutamente tudo! Minha única crítica vai pro motor monocilíndrico.

Matheus Emmanuel
Matheus Emmanuel
7 anos atrás

se a duke 390 chegar acima de 20mil não compensa, infelizmente…

Rafael Schulenburg
Rafael Schulenburg
6 anos atrás

Chegou a 22mil, vi uma pessoalmente e acho que vale cada centavo comparado as outras de mesma cilindrada

gerson andré mesquita dias
gerson andré mesquita dias
7 anos atrás

Dão de 10 a zero em qualquer modelo da Honda! Que motos belas e magníficas! Toma na cara daqueles que são cego por Honda!!! Dá-lhe KTM!

Lionel Seku Mello
Lionel Seku Mello
7 anos atrás

Qual delas você mais quer ver rodando aqui no Brasil???