6 Dúvidas sobre óleo lubrificante para motos respondidas

Você tem dúvidas sobre óleo lubrificante para motos? Porque deve usar o lubrificante recomendado no manual ou quando deve ser realizada a primeira troca de óleo da moto? E qual a vantagem de utilizar a viscosidade correta no motor da moto?

duvidas-oleo-lubrificante-moto-01

Você tem dúvidas sobre óleo lubrificante para motos? Porque deve usar o lubrificante recomendado no manual ou quando deve ser realizada a primeira troca de óleo da moto? E qual a vantagem de utilizar a viscosidade correta no motor da moto?

Advertisement

Trouxemos um especialista da primeira fabricante de óleo lubrificante para motor do mundo para nos responder essas e outras dúvidas sobre óleo lubrificante para motos.

Você sabia que toda vez que realizar a troca do óleo do motor da moto você deve trocar o filtro de óleo também?

duvidas-oleo-lubrificante-moto-01

Dúvidas sobre óleo lubrificante para motos

Nessa matéria temos Vinícius Alberti, gerente regional da Valvoline Brasil, para responder as seguintes perguntas sobre lubrificantes para motos:

  1. Por que devo usar um lubrificante recomendado pelo manual?
  2. Quando deve ser realizada a primeira troca de óleo da minha moto?
  3. Quando devo fazer a segunda troca do óleo?
  4. Toda vez que realizar a troca do lubrificante devo trocar o filtro?
  5. Quando devo fazer a manutenção periódica da moto?
  6. Qual a vantagem de utilizar a viscosidade correta no motor da minha moto?

Usar lubrificante recomendado no manual da moto

Seku Mello: Por que devo usar um lubrificante recomendado pelo manual?

Vinícius: Porque ele foi desenvolvido especificamente para sua moto, além de lubrificar as peças, e prevenir o seu desgaste.

O uso do óleo é recomendado para a melhora da partida e contribui para a economia de combustível, além de lubrificar o chamado sistema de lubrificação integrado (motor, caixa de velocidades e embreagem em banho de óleo).

O óleo é um elemento que afeta diretamente a vida útil da moto e principalmente do motor, então temos que ficar atentos à qualidade e especificações do fluído bem como do intervalo das trocas entre um óleo e outro.

duvidas-oleo-lubrificante-moto-03

Seku Mello: Quando deve ser realizada a primeira troca de óleo da moto?

Vinícius: A primeira troca normalmente deve ser realizada em até 1.000 km, é um padrão geral das fabricantes. Isso vale para praticamente todas as motos e algumas podem exigir a troca um pouco antes dessa quilometragem, mas dificilmente depois.

Seku Mello: E quando devo fazer a segunda troca do óleo?

Vinicius: Para a segunda troca de óleo temos muitas variáveis, como a marca e modelo da moto, além do tipo e tamanho do motor. Não há uma regra geral, então o recomendável é consultar sempre o manual da montadora da sua moto, seguindo o que está lá.

duvidas-oleo-lubrificante-moto-04

Devo trocar o filtro de óleo da moto a cada troca do lubrificante?

Seku Mello: Toda vez que eu realizar a troca do lubrificante eu devo trocar o filtro também?

Vinícius: O filtro nada mais é do que o prolongador da vida útil do motor da moto. Ele vai absorver todas as impurezas e todo resíduo gerado do uso da moto. Logo, ao colocar um lubrificante totalmente novo e não efetuar a troca do filtro você estará contaminando todo esse novo óleo com as impurezas que ainda estão no filtro de óleo usado.

Então, sim, você deve trocar o filtro de óleo do motor da moto a cada troca do lubrificante para ter 100% de eficiência do mesmo.

Seku Mello: E aproveitando, quando devo fazer a manutenção periódica da moto?

Vinícius: De uma forma geral, para motocicletas a primeira revisão é de mil quilômetros ou 6 meses, depende do uso de cada um. Já as próximas deverá ser em torno de 4, 8 ou 12 mil quilômetros. Pois esse é o tempo que os lubrificantes semissintéticos com alta tecnologia suportam.

duvidas-oleo-lubrificante-moto-05

Porque devo usar a viscosidade indicada?

Seku Mello: Qual a vantagem de utilizar a viscosidade correta no motor da minha moto?

Vinícius: Custo-benefício! Porque eu vou ter uma carga de aditivo de anti-fricção e com isso eu nunca vou comprometer o bom funcionamento das embreagens.

Quando você trabalha com lubrificantes semissintéticos os teores de enxofre são menores comparados aos outros e o enxofre está ligado diretamente a vida útil da moto, do motor e as cinzas sulfatadas, então com isso temos uma maior eficiência de combustível e uma vida maior deste motor e do lubrificante.

A Valvoline realizou testes que comprovam que o lubrificante Valvoline 20w50 é superior ao do mercado aonde ele durou duas vezes mais que outros lubrificantes. O lubrificante convencional hoje possui vida útil de 451 minutos e o 20w50 testado alcançou 1.075 minutos, pois ele não degrada com tanta facilidade ao ser colocado em altas temperaturas.

Para motociclistas que estão o tempo todo rodando nas ruas e para quem utiliza a moto como um meio de transporte, esse óleo ajuda no engate das marchas, principalmente na primeira marcha, evitando trancos.

duvidas-oleo-lubrificante-moto-06

Portfólio Valvoline

O portfólio da Valvoline vem se tornando cada vez mais amplo com o objetivo de atender todas as motocicletas. Hoje, com seus lubrificantes a marca atende mais de 80% da frota de motocicletas de todo Brasil e agora com as novas viscosidades vai conseguir atender às demais, cobrindo assim toda demanda de motos do mercado brasileiro.

A Valvoline é uma parceria do Motorede e se você quer saber onde encontrar os produtos da marca mais próximos de você, acesse o site www.valvoline.com.br/onde-comprar

Assista o vídeo abaixo publicado em nosso canal no Youtube e veja todas as perguntas respondidas:

Advertisement

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *