Aumento de IPI em setembro faz fábrica da Shineray no Brasil ser repensada

Começou a valer em setembro o aumento de IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) para todas as motocicletas vindas de fora da Zona Franca de Manaus, que havia sido anunciado pelo governo em maio. O valor do imposto ficou definido em 35% sobre todas as motos. E com isso a Shineray que pretendia construir sua fábrica em Saupe, fora da Zona Franca de Manaus, teve que repensar esse investimento de R$100 milhões, pois mesmo construindo sua fábrica no Brasil a fabricante, que importa suas motocicletas da China, ainda sofreria com a aplicação do imposto.

Advertisement

A taxa que agora é de 35% (antes era de 15% para motos de até 50cc, de 50cc a 250cc a porcentagem era de 25% enquanto que para as motos acima das 250cc o valor já era de 35%) só atingiu aproximadamente 10% do mercado motociclístico, os outros 90% escapam da taxação por terem suas motocicletas montadas ou produzidas na Zona Franca de Manaus, zona essa que sofre a isenção da taxa.

Uma das principais atingidas pela alta do IPI a Shineray diz que manterá seus preços sem aumento por enquanto, porém, afirma repensar o investimento de R$100 milhões em 2013 na construção da fábrica em Saupe, Pernambuco, que fica fora da Zona Franca de Manaus.  A Shineray  é a única das 10 principais marcas do Brasil a não ter uma fábrica em Manaus e tem de importar suas motos da China.

“Mantida esta situação, vamos repensar a fabricação fora da Zona Franca de Manaus. O novo IPI inviabiliza o projeto em Suape”, diz o diretor da Shineray, Paulo Perez.

[vitrine]Capacete[/vitrine]

Advertisement



2 comentários em “Aumento de IPI em setembro faz fábrica da Shineray no Brasil ser repensada

  1. Hi there, just became alert to your blog through Google, and found that it’s truly informative. I am going to watch out for brussels. I will be grateful if you continue this in future. Numerous people will be benefited from your writing. Cheers!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *