Nova Moto Elétrica do iFood no Brasil

Nova moto elétrica do iFood é lançada no Brasil em parceria com a marca Voltz Motors.

Advertisement

Trata-se de uma versão exclusiva para entregadores do iFood baseada no modelo EVS Work, modelo já comercializado pela empresa brasileira de motocicletas elétricas.

Neste primeiro momento, o projeto se destina somente aos trabalhadores do app de entregas que residem em São Paulo (SP).

Nova Moto Elétrica do iFood

Segundo a Voltz, a EVS Work chega a ser três vezes mais econômica que uma moto a combustão correspondente (150/160 cilindradas). Tudo isso graças às baterias, que proporcionam entre 100 km e 180 km de autonomia. Para manter este alcance, a velocidade máxima foi limitada em 85 km/h.

A nova moto elétrica do iFood pode ser recarregada em tomadas residenciais, o que de acordo com a fabricante leva em torno de 5 a 6 horas para recuperar toda a sua autonomia.

No entanto, a ideia desse projeto de moto elétrica para entregas é não fazer com que o entregador precise passar para recarregar. E eles pensaram nisso, veja como a seguir.

  • Quer ver vídeos sensacionais sobre motos? Acesse o canal Motorede no: youtube.com/Motorede
  • Compre pneus com desconto na PneuStore usando cupom SEKU7 (para motos) e SEKU5 (para carros e outros), clique e aproveite: Pneu com Desconto

Para que o entregador não precise ficar horas esperando a moto carregar o iFood, junto com a Voltz, vai disponibilizar estações especiais para a substituição imediata das baterias.

O entregador poderá trocar a bateria descarregada por uma totalmente carregada em apenas um minuto. Tudo isso, a partir de planos de assinatura, que variam de R$ 129,00 por mês para quem roda até 2 mil km – até a R$ 319,00/mês para quilometragem e trocas ilimitadas.

Estes pontos de recarga estarão localizados em pontos com mais movimento de entrega em São Paulo, cidade com maior concentração de restaurantes. Com isso, foram escolhidos os arredores da Lapa, República Consolação, Pinheiros, Jardins, Paulista, Aclimação, Paulista, Moema e Itaim Bibi para os 100 pontos de troca.

Moto Elétrica iFood preço e manutenção

Segundo a Voltz, além da economia no custo com abastecimento, a EVS Work tem o valor de manutenção 50% menor na comparação com modelos a combustão. Isso porque a moto elétrica não possui partes móveis no motor como cilindros, virabrequim ou bomba de injeção.

Tarefas como a substituição de óleo (comum a cada 1000km nas motos convencionais usadas para entrega), velas e filtros também não são necessárias na moto elétrica do iFood. As manutenções de rotina poderão ser agendadas na concessionária da Voltz em São Paulo (R$ 100 a hora), ou em oficinas autorizadas (cerca de R$ 170/hora). Revisões não são obrigatórias, mas a fabricante sugere um check-up a cada 5 mil km.

A pré-venda da nova moto elétrica do iFood tem preço de R$ 9.990,00 e estará disponível em 1000 unidades iniciais. Ao fim deste primeiro lote, o preço deve ser reajustado. Mas atenção, para adquirir o modelo, um dos requisitos é estar ativo no app de entregas do iFood há pelo menos 3 meses, além de outras regras definidas pela empresa.

Advertisement

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários