Home » Acima de 600cc » Rafael Paschoalin entra para a história ao vencer Pikes Peak 2019

Rafael Paschoalin entra para a história ao vencer Pikes Peak 2019


03 jul 2019 0 Comentários

O piloto da Yamaha Racing Brasil, Rafael Paschoalin, escreve seu nome na história do motociclismo mundial ao se tornar o grande campeão de Pikes Peak 2019 na categoria Middleweight, destinada a motos de 501 a 850 cilindradas.

Ele é o primeiro brasileiro a vencer a desafiadora corrida ao topo da montanha de Pikes Peak, no Colorado, Estados Unidos, e sua MT-07 foi a primeira motocicleta fabricada no Brasil a disputar e vencer em todos os mais de 100 anos de competição.

Em 2016 Paschoalin já havia feito história ao ter sido o primeiro piloto brasileiro a disputar o Pikes Peak Hill Climb e na semana passada já demonstrava sua capacidade para vencer a edição 2019 ao cravar a Pole Position nos treinos classificatórios.

Rafael_Paschoalin_Campeao_Pikes-Peak-2019

Rafael Paschoalin e MT-07 vencem Pikes Peak 2019

Em meio a lágrimas de alegria, Rafael Paschoalin cravou na manhã deste domingo (30/06/2019) a bandeira brasileira no ponto mais alto da montanha de Pikes Peak. Foi o grande vencedor do Pikes Peak 2019.

Paschoalin percorreu os 20 quilômetros e 156 curvas do percurso em 10.43.880 minutos, abrindo boa vantagem sobre seus oponentes e sendo o mais rápido de todos.

Richard Kay, segundo colocado na Middleweight fez o tempo de pouco mais de 11.20 minutos, enquanto Jimi Heyder, o terceiro, completou sua subida mais de 2 minutos após o piloto brasileiro, marcando 12.58.629 minutos.

mt-07-pikes-peak-2019-01

Para Rafael Paschoalin, muitos foram os fatores responsáveis por sua vitória

“Este ano cheguei em Pikes Peak mais preparado, tanto no aspecto físico quanto psicológico. Tive a oportunidade de vir para os Estados Unidos algumas semanas antes da corrida para treinar e realizar os acertos finais na minha Yamaha MT-07, que aliás, sempre esteve perfeita”.

“Começamos a desenvolvê-la cedo, após o lançamento de sua nova geração em outubro de 2018, e acertamos em cheio em sua preparação e na estratégia de trazermos uma moto fabricada no Brasil pronta para competir”, continua o piloto.

“Estou feliz e realizado com o resultado que conquistamos aqui. Ele é o fruto do trabalho de muita gente. Foram muitas as pessoas que contribuíram no projeto e que gostaria muito que estivessem comigo aqui no topo da montanha, segurando a bandeira no nosso país” conclui.

mt-07-pikes-peak-2019-03

Pikes Peak, uma corrida para loucos poucos

A lendária corrida de Pikes Peak é uma competição extrema entre homem e máquina. Trata-se de uma subida com 20 km de estrada sinuosa situada em Colorado Springs (EUA). Ao todo os pilotos enfrentam 156 curvas até o seu topo.

Para dificultar, a largada acontece a uma altitude de cerca de 2.300 m acima do nível do mar e, se não bastasse, sua linha de chegada fica ainda mais alta, a mais de 4.500 m de altitude. Pilotos e máquina são colocados a prova do ar rarefeito além de todo o desafio da prova em si.

Sendo uma das competições mais emblemáticas do motociclismo mundial, o Pikes Peak International Hill Climb completa sua 97ª edição e 103 anos de existência em 2019.

mt-07-pikes-peak-2019-02

Essa é a quarta participação de Paschoalin em Pikes Peak, sempre disputando a categoria Middleweight. Em 2017, correndo com uma MT-07, ele conquistou a segunda colocação. Em 2018, a bordo de uma MT-09, ele foi o terceiro colocado.

Para Helio Ninomiya, gerente executivo de marketing e planejamento de produtos da Yamaha Motor do Brasil, a vitória em Pikes Peak é um acontecimento histórico para a Yamaha e para o motociclismo brasileiro.

mt-07-pikes-peak-2019-04

“Prestes a completar 50 anos de Brasil, essa vitória é o resultado do esforço de todo time Yamaha no Brasil, que tem em seu DNA as competições. A Yamaha foi a primeira a fabricar uma motocicleta no Brasil, e agora fomos os primeiros a vencer essa lendária competição com uma motocicleta também fabricada no Brasil, em nossa unidade de Manaus.”, declarou Ninomiya.

O retorno de Rafael Paschoalin ao Brasil, está previsto paro o dia 4 de julho. Na bagagem, além de sua vitoriosa MT-07, o piloto Yamaha Racing Brasil traz o trofeú de primeiro lugar e o inédito título para o Brasil.



Deixe uma resposta