Suzuki Inazuma 250 2014 começa a ser vendida em maio por R$15.900

A única moto da categoria de pequenas esportivas na faixa entre 250cc e 300cc que vem equipada com motor bicilíndrico, a Inazuma 250, estará nas concessionárias Suzuki ainda em maio e custará R$15.900. Até R$4mil mais caro que algumas de suas concorrentes como a CB 300R, Dafra Next e Yamaha Fazer.

Suzuki Inazuma 250 2014

Uma das únicas motos da categoria de pequenas esportivas na faixa entre 250cc e 300cc que vem equipada com motor bicilíndrico, a Inazuma 250, estará nas concessionárias Suzuki ainda em maio e custará R$15.900. Até R$4mil mais caro que algumas de suas concorrentes como a CB 300R, Dafra Next e Yamaha Fazer.

Advertisement

A novidade da Suzuki foi apresentada no Salão Duas Rodas, que aconteceu em outubro do ano passado (leia mais), e já vinha sendo especulada a muito tempo pelo mercado brasileiro.

Suzuki Inazuma 250 2014

Também chamada de Mini B-King, por realmente ser muito parecida com a B-King de 1300cc, ou ainda de GW 250 (nome utilizado no mercado chinês) a novidade chega com um motor bicilíndrico em busca de espaço na categoria, onde as principais concorrentes possuem motor monocilíndrico. Talvez isso justifique seu preço ser mais elevado que as concorrentes. Há quem diga que seu design está um pouco ultrapassado, mas achamos que é mais uma questão de gosto.

Seu motor, bicilíndrico, possui 248cc, refrigeração a líquido e a alimentação é por sistema de injeção eletrônica. Com isso a Suzuki Inazuma 2014 é capaz de desenvolver 24,5cv de potência a 8.500RPM e seu torque fica em 2,24Kgf.m a 6.500RPM.

A novidade virá equipada com freio a disco em ambas as rodas e trará câmbio de 6 marchas. Já as cores ficam por conta do preto, vermelho e uma versão bicolor em azul com branco.

Veja fotos da Suzuki Inazuma 250 (GW 250) 2014

Advertisement



7 comentários em “Suzuki Inazuma 250 2014 começa a ser vendida em maio por R$15.900

  1. A Kasinski já está falida. não podemos considerar concorrente. E o João Toledo como de costume gosta de esperar 3 anos ou mais para trazer produtos novos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *