Nova Yamaha MT 10 mais potente, cairia bem no Brasil?

Yamaha lança nova MT-10 2022 com mudanças técnicas e estéticas. Veja seu preço e detalhes!

A gama Master of Torque da Yamaha acaba de ganhar mais uma renovação entre as suas motocicletas. Depois da repaginada nas MT-07 e MT-09 foi a vez da MT-10.

Advertisement

Esse modelo, o maior e mais potente da família MT recebeu atualizações importantes para a linha 2022 que vão além das mudanças estéticas, onde para a nova versão foram acrescentados detalhes em seu conjunto mecânico.

A nova Yamaha MT-10 que está chegando na Europa passa a contar com motor aprimorado, que ficou mais potente e adequado às mais recentes normas de emissões do velho continente, o Euro5.

Yamaha MT 10 – A naked da R1

Em seu design, o maior destaque da novidade ficou por conta do farol dianteiro, que traz luzes diurnas de LED, o já conhecido DRL, com visual agressivo e diferenciado. Ela segue a receita das irmãs menores, que também apostam em conjuntos óticos nada convencionais na dianteira.

Além disso, a Yamaha MT-10 compartilha componentes com a superesportiva da marca japonesa, a R1. Com isso, a supernaked é movida por nada mais nada menos que o motor Crossplane CP4, vindo diretamente da versão carenada.

Yamaha MT-10 2022 Motor e potência

Para atender as novas normas Euro5, o propulsor ganhou novos pistões de alumínio forjado, bielas reforçadas e um novo tratamento dos cilindros para garantir mais eficiência e performance. Essas mudanças deixa a moto com novos números e com isso agora passa a entregar 164 cv a 11.500 rpm e 11,4 kgfm de torque a 9.000 rpm.

  • Entre no grupo do Motorede no Telegram, saiba tudo em primeira mão e interaja diretamente: t.me/Motorede

 

Para oferecer um torque linear, e não assustar os desavisados, a injeção de combustível foi remapeada. Junto a isso, o escape em titânio e o sistema de admissão foram redesenhados. Tudo isso, buscando melhorar as respostas e conferir um som ainda mais surpreendente para a topo de linha da família MT.

Ainda falando em R1, o chassi da naked – do tipo Deltabox – também é uma tecnologia derivada da esportiva. Com ele atuam as suspensões  KYB, onde na frente está o garfo de 43 mm, totalmente ajustável, com curso de 120 mm, enquanto que atrás o modelo equipa sistema de amortecedor monoshock com diversos níveis de ajuste.

Yamaha MT-10 conjunto 

A nova Yamaha MT-10 2022 chega com rodas em alumínio de 17 polegadas que estão calçadas com pneus Bridgestone Battlax Hypersport S22, nas medidas 120/70 na frente e 190/55 atrás.

Os freios são da Brembo, com disco duplo na frente de 320 mm com pinças de 4 pistões, mas com um novo cilindro mestre de freio radial. Na traseira está um disco único, de 220 mm com pinça simples.

Yamaha MT-10 2022 Eletrônica

Na parte da eletrônica, o modelo traz itens como cruise control, quickshifter bidirecional, embreagem deslizante, controle de tração, de deslizamento e de empinada, além de gerenciamento de freio motor. O acelerador eletrônico permite que se possa escolher entre quatro modos de pilotagem diferentes, um para cada tocada em cima da máquina.

Tudo isso é controlado pelo painel digital com tela em TFT de 4,2 polegadas.

Yamaha MT-10 cai bem no Brasil?

A nova MT-10 chega na Europa no início do próximo ano, disponível nas cores Cyan Storm, Icon Blue e Tech Black. O modelo ainda não teve seu preço revelado pela fabricante, mas deve partir dos 16 mil euros, cerca de 100 mil reais em conversão direta no momento da publicação dessa matéria.

No continente estrangeiro a MT chega ao mercado para disputar vendas com motocicletas como a Kawasaki Z1000 e BMW S1000R. Já aqui no Brasil ainda não sabemos se teremos a oportunidade de ver disponível essa mais recente atualização da MT-10 por aqui. Essa naked brutalmente potente cairia bem por aqui?

Advertisement

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários